sábado, 29 de agosto de 2009

Se é duro ser negão no Senegal...

É mole comer uma comida deliciosa no Chez Aïda ( restaurante senegales ) em Paris.
A especialidade é o Riz au Poisson. Eu sempre peço o Arroz com Frango e Banana Frita, que tem um tempero dos deuses. Adoro.

Depois de comer aproveite e faça um passeio pelo bairro, que se chama Barbés. A imigração predominante é africana e árabe. Compre pistache no kilo, tome sorvete, doces árabes, compre amendoin. Tem também tecidos africanos no metro. Lindos.

Anote o endereço. O restaurante fecha na quarta -feira.

48, rue Polonceau - 75018
tel.: 0142582620
Metro Chateau Rouge.

Passeio em elefante.


Ju e eu em Jaipur.

Cidade azul. Índia.

Onde voce mora? Naquela casinha azul claro. Qual? Ao lado daquela azul escuro. Ah!

E a comilança come solta...

Paula Dadá e Melody. Comendo em pratos descartáveis feitos com folha de bananeira, na Índia. Bom demais... A pimenta no dia seguinte é muito bem lembrada...rsss...

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Onde comer e dançar em Bordeaux.


Bordeaux - França, tá na sua rota? Então anote aí:



Quer comer muito bem, beber tanto o vinho nacional...rss... ou uma caipirinha no ponto? Vá ao Beija Flor. O Hélio é o dono. Um paulista que dirige com categoria o restaurante há mil anos. Sabe tudo da melhor cozinha brasileira com toques da cozinha francesa. Meu prato preferido é a Caldeirada. De lamber os beiços como dizem os portugueses. As sobremesas também são um sonho.



http://www.beijaflor.fr/



Bom, já comeu bem se animou com a caipirinha ou o vinho de Bordeaux, agora que tal ir queimar as calorias bombando na dança no Via Brasil. Lá voce vai conhecer o Jorge. Mineiro de Belzonte, que toca o bar há milenios e conhece tudo de música prá dançar do brasil e do mundo. E ainda de quebra vai experimentar os melhores e mais caprichados drinks que voce jamais bebeu. Essa folia vai até 4 da matina.



http://www.viabrasil.fr/



E no dia seguinte prá variar um pouco, que tal almoçar ou jantar no Cantinho do Fado. Um bacalhau delicioso, sopas, e o atendimento super cortês do próprio dono. E além de tudo as porções são super fartas. Nem pense em pedir um prato pra cada pessoa. Vai sobrar comida prá dois dias. O preço é muito bom. Peça o vinho da casa.



O Cantinho fica na Cours de l'Yser, pertinho do Via Brasil.



Almoçando no Cantinho o próximo passo vão ser vários passos subindo a Rue Saint Catherine e curtir as mil lojas dessa rua só prá pedestres, famosa na cidade.

Mi Buenos Aires querido...

Vamo lá, Estefania !

Da última vez que fui a Buenos Aires, passei antes pelas Cataratas do Iguaçu e visitei os dois lados da queda. O lado brasileiro já conhecia e é maravilhoso. Mas o lado argentino é uma doideira! Voce vê as águas correndo pra cair em cachoeiras até a Garganta do Diabo. Muito lindo o passeio! Vale a pena! De lá peguei um vôo pra Buenos Aires. Rapidim.

Cidade boa pra andar a pé. Eu aaamo feiras de rua e a cidade oferece cada uma melhor que a outra. A de San Telmo é uma beleza! Antiguidades e, ao mesmo tempo, objetos e roupas de vanguardíssima. Tem de um tudo! Pode passar o dia. No bairro de Recoleta, também tem uma feira muito legal na praça, em frente ao famoso Cemitério da Recoleta. Na mesma praça, tem o melhor sorvete da cidade. O que não falta em Baires é lugar legal pra comer, descansar, escrever um cartão postal em cafés e restaurantes super bons com uma comida deliciosa. Quem come carne, nada de braçada. E os preços em relação ao Real também são muito bons. Visite a Catedral que é bonita e, dependendo da sua grana, vá a um dos inúmeros locais onde voce verá profissionais dançando tango, mas, na rua, por toda parte, voce verá também pessoas fazendo demonstrações grátis.
Casa Rosada também merece uma passadinha. Nada estupenda! Vale uma visita guiada ao Teatro Cólon. Lindo! La Boca ?... poderia passar, porque perdeu muito o sentido , mas vai ser cobrada por amigos tipo: "Não foi? Não é possível !" Então vá, pra ficar livre. O Museu Nacional de Belas Artes merece visita: Rodin, Renoir, Monet e El Greco que eu amo estão lá. Se voce é fã de Evita, tem museu dela.

Se gosta de natureza, o Bosque de Palermo é visita certa. Além de livrarias muito legais, shoppings também fazem a festa do turista. Procure por promoções e pechinche muito nas feiras. Não pague o que pedem. A curtição é pechinchar !

Acho que voce precisa de 4 a 5 dias pra dar uma boa geral na cidade. Tudo depende de tempo e grana de cada um.

Tem metrô também que não conheço, porque adoro andar a pé na rua. Metro é legal pra quem mora e tem pressa.
Se quiser mais dicas ou dicas específicas, pode pedir à vontade.

Um abraço e aproveite bem a viagem !

PS.: Assim que chegar a uma cidade, é bom se informar logo sobre os lugares que quer visitar. e os dias da semana que ficam abertos.

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Parte boa da viagem: comer

- Salada grega da Turquia. Por mais que eu tente jamais conseguirei aquele sabor do azeite e da azeitona preta deles...
- Salsicha na Áustria e Alemanha. Nem precisa ter fome...Delícia.
- Tudo que é feito com leite na Holanda. Iogurte, manteiga, hummmmmmmmm....
- Cheese cake em NY. A melhor ficava no restaurante do último andar do WTC. Mas tem uma na Times Square que é muito boa também.
- Em Bruxelas comer uma Gaufre com sorvete, calda de chocolate, crème fouettée. Tudo que tenho direito. Santantonho me proteja.
-Em Londres, me lambusar com batata frita e peixe frito. Uma vez só prá matar a saudade é suficiente prá consciência ficar pesada por uns tres meses.
- Em Paris, croissant, compote de marrons, de myrtille, camenbert e pão. Muito pão. Qualquer pão.
- Na Índia não ter medo dos temperos nem da pimenta. Pode cair de bunda. Bom demais.
- Não existem frutas mais saborosas do que as de Israel.
- No Nepal, a dificuldade é comer tudo que me apetece. Nunca tenho tempo.
- Comer na Tailandia é só prazer. E a comida é de um visual belíssimo. E deliciosa.


Nepal.

Nós no mundo.

Dá-lhe Nepal.

Nós no mundo

Índia de novo.

Nós no mundo

Só alegria...

Nos no mundo

Nós na India

Nós no mundo

Sobrevoando o Ewerest

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Pra quem gosta de mexilhões.

Juliana se deliciando com os mexilhões.
Zé e Hugostoso/pai/filho, precisa dizer? Se embriagando felizes.

Ju me fotografou já de barriguinha cheia na saída.


Em Paris tem destino certo. O melhor e mais saboroso está no Léon de Bruxelles. Voce come direto da caçarola, com o molho escolhido por voce e acompanham as famosas batatas fritas belgas . Pode comer à vontade. Repetir e repetir. As batatas, claro! São vários restaurantes espalhados pela cidade e pela França. O meu preferido é o da Champs-Elysées . É só entrar no site prá já ficar com água na boca.

http://www.leondebruxelles.fr/

A voz do povo.

Pessoas,

Horário eleitoral: para quem gosta de viajar, curtir as belezas do mundo, dicas bacanas e não cair em roubadas, minha titia querida criou um blog dez.
Diria que a minha titia queridíssima já viajou tipo 1/6 do mundo e o blog é para falar do que foi dez, do que foi uma merda, dicas e coisa do tipo.
Estarei presente em vários posts, principalmente nas coisas que foram merda total.

Link: http://oquevivipelomundo.blogspot.com/

Quem não gostar, ganha os bytes dessa comunicado virtual de volta, reembolso total.

Beijos,
Tereza
-------------------------------------------------------------------------------------------------
Adorei! Aposto que o blog é da Ieda! Manda mega bjo pra ela!
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Querida TOYOTA,
Espero que estejas bem, seja onde for...
Vou, com calma, ler todo o blog, mas preliminarmente parabéns pela idéia, pois seria um prejuízo para todos “esconderes” todo este conhecimento.
Espero que este seja o 1º de uma série.
Bjs,
Álvaro
-------------------------------------------------tia,

1) seus posts no blog não mencionam a data da postagem, acho que temos de mudar isso,

2) não esqueça de dar dicas de:

- andar sempre com o xerox do passaporte

- postura na hora de tentar tirar visto pros EUA
------------------------------------------------------------------------------------------------
Para aqueles que pretendem viajar e querem um roteiro bacana, adaptado ao seu gosto e ao tempo que vai ficar em algum lugar, segue um blog bem legal.
Nele você conhece os lugares por onde essa pessoa já foi e tem dicas muito bacanas para se organizar e se movimentar em diversos países.
No blog da D.Iêda, você escreve falando onde vai e quanto tempo vai ficar, diz o que mais gosta e ela te devolve um roteiro bacana para fazer, com dicas de passeios, como gastar menos, onde ficar....
Tudo de bom!!!
Além de conhecer um pouquinho sobre os lugares onde ela já foi e, quem sabe, planejar uma viagem diferente...
http://oquevivipelomundo.blogspot.com/
Espero que gostem...
beijos
Ju

Só falo português...que meda !


É claro que se voce falar ingles, alemão, espanhol, frances a situação vai ser super tranquila. Mas por favor jamais deixe de viajar por insegurança, medo de não conseguir se virar, fazer o que quer, não se comunicar, se perder ( lembre-se que assim que voce chega a um lugar desconhecido voce já tá perdido...rsss...) porque não fala uma lingua além da sua. Enfim, medos.

O mundo virou uma grande mistureba. Num mercadinho lá no fim do Himalaia, voce vai comprar a mesma pilha prá sua máquina, o mesmo sabão em pó, a mesma batata frita de saquinho que voce compra em qualquer esquina perto da sua casa. Pensando por um lado até perdeu a graça.

E ao mesmo tempo pessoas são muito parecidas também. Gestos e sinais se parecem muito. Um sorriso, uma batida de mão dando adeus, uma cara de ódio, representam a mesma coisa em qualquer lugar. O que mais funciona em uma viagem chama jogo de cintura, paciência e educação. Voce com isso consegue tudo. Muita gente vai querer te ajudar. E vai conseguir.

Ôtoridade, uszómi. Não se assuste.

Nada de entrar em pânico ou colocar pra fora seu lado brasileiro de "Sim senhor, pois não, não fui eu" se por acaso se vir diante de uma blitz policial na rua, ônibus, metrô, dirigindo ou mesmo passeando na av mais movimentada e chic do lugar.



Antes de tudo, pense o seguinte: tenho um passaporte legal, sou turista, tenho uma passagem de volta pro meu país, tenho grana, então nada de culpa. Europeu, americano ou qualquer povo culturalmente mais desenvolvido, não tem paciência com gente humilde (no mau sentido, claro!). Lá fora o negócio é olhar pra todo mundo com o olhar na mesma altura. Nem mais pra cima nem mais pra baixo. Não tô devendo nada, portanto não tenho nada a temer. E tenho dito! Antes de tudo, atitude !

Nada de pânico ! Veja essa dica !

Quando sentir um cheiro estranho, trem parou e voce não entendeu o porquê pelo alto-falante, alguém passou gritando, sirene dentro de lugar fechado ou algo parecido, sempre olhe pra cara dos nativos. Se eles continuarem a ler tranquilamente o jornal, comer o lanche, fazer seu crochê, ou limpar o nariz, fique tranquilo. Tá normal!

Roubadas que podem ser evitadas

Não economize com táxis quando chegar ou sair de uma cidade. Corredores e escadas de metrô, vão te estressar e você vai querer morrer. Ônibus, nem pensar !

Nos países onde a gente não consegue ler absolutamente nada tipo Índia, Sri Lanka, Nepal, China, não se arrisque a pegar táxi na rua. Peça sempre por tel na portaria do hotel. Peça com garantia. Fui roubada na Tailândia por um motorista de táxi. Levou minha mala. Nem a placa do carro consegui ler. Rodei bonito.

Programe-se pra chegar sempre durante o dia nos lugares. À noite, uma simples árvore vira uma floresta tenebrosa.

Mantenha a calma sempre. Só sente no meio-fio e comece a chorar, em último caso. Já passei por N situações e nunca cheguei a sentar no meio-fio. Sempre fui salva por alguém ou alguma idéia vinda dos céus....rsss...

Outra foto de apto


Cont. com fotos de apto para alugar em Paris.


Um dos aptos pra alugar em Paris


Amostra de um dos aptos para alugar em Paris. Prédios antigos, aptos modernos. Preços muito bons.

domingo, 23 de agosto de 2009

Dica de restaurante em Salvador - BA

Quer comer muito bem em Salvador? Uma cozinha franco-marroquina e brasileira, feita pelo chef Artur Nascimento? O lugar é lindo e a comida de comer de joelhos.
Vai cozinhar bem assim lá em Marraquesh !!!!

Rua Ministro Carlos Coqueijo Costa, 1
tel - (71) 3285 1658 - Itapuan - Salvador - BA

Dica de Perfumaria em Paris

Pessoal que fala português e atende com muita simpatia, além de ótimos descontos pra brasileiros.

Kaprys parfums - 74, bd Beaumarchais
Tel. 01 43 38 32 50
Metro Chemin Vert

Comer bem e barato em NY

Dica de restaurante italiano maravilhoso em plena Times Square. Dou dica sobre o gerente. Um achado.
http://www.carminesnyc.com/

Dica de café da manhã ou brunch em pleno Harlem de NY. Pra quem tem fome pela manhã. É pra comer e depois morrer. Bom demais !!!
http://www.ihop.com/

Dica de estação de esqui.


Quer ficar em uma estação de esqui super linda na França, quase fronteira com a Suissa em chalets super charmosos e confortáveis? Dê uma olhada nesse site, e fale comigo antes de qualquer contato prá receber as dicas.

http://www.chalets-marteray.com/

Dica de aptos. e studios em Paris

Dica de aluguel de apartamentos e studios em Paris para temporada, 1 semana, 10 dias. Muito lindos, modernos, todos muito bem equipados e com preços ótimos.

ceciliaparis@mac.com

Patrulha da Lingua Portuguesa

Os erros de portugues, pontuação, acentos, etc, não estão em julgamento. Não me peçam prá consultar o Aurélio. Preguiça.

Lugares que fui, amei, pirei e voltei.

França, Paris é claro. Sempre volto. Todo ano.

Argentina, Buenos Aires...muito linda.

Itália. Um viagem de trem pelo país é de pirar a cabeça com tanta beleza e diversidade de povo e cenário.

Jordânia. Quem disse que não vale a pena ir e voltar, não sabe o que tá dizendo.

Israel. Quando me perguntam de onde mais gostei, e onde voltaria, sempre respondo. Israel e Nepal.

Nepal . Fui pela terceira vez esse ano e voltaria mais mil vezes. Aliás não sei se terei tempo de vida mas ainda penso em viver uns meses por lá. O amor da minha vida. Esse mereçe "sentar com um café" pra falar sobre.

Grécia. Sonho de muita gente. Não morra sem realizar esse sonho. Andei de onibus pelo país. São vários países dentro de um só. Uma geografia diferente a cada momento. E o povo então? Levam a gente prá dentro de casa como se nos conhecesse há anos.

Alemanha. Um dos lugares onde fui melhor recebida e acolhida. Linda.

Holanda. Prá quem quer brincar de boneca. E visitar o Museu do Van Gogh já vale o passeio.

EUA. A coisa se inverteu prá mim. Hoje os EUA são o quintal do Brasil. Vamos passear no quintal?

Tailandia. Já fui duas vezes e voltaria mais duas. Ou mais. Linda. Povo gentilíssimo.

Suiça. País lindo, pequeno, acolhedor. Sempre que posso tô passando por lá.

Índia. Pela terceira vez visitei essa linda loucura de país esse ano. Tenho dicas ótimas e super quentes sobre tudo. Inclusive a Cia. de Turismo (local) que nos levou pra passear. Doce ilusão voce achar que pode desbravar a Índia sozinho e principalmente dirigindo.

Lugares onde vivi.

Duvido que alguém queira passear no Iraque hoje, mas posso conversar sobre o que foi viver por muitos anos há muitos anos atrás naquele país.

Vivi muitos anos na França, principalmente em Paris, mas passeei muito pelo país. Posso dar idéia de lugares, hoteis, restaurantes, lugares onde turista não vai normalmente, compras, musica, apto. prá alugar, cultura, quando ir, quanto gastar, como interagir legal com o nativo...rs..., dicas s/ transporte, e só Deus sabe mais o que.

Morei uns tempos em um Kibbutz (prá quem não sabe o que é eu explico) e foi muito bom. Uma experiência que indico prá todo jovem, ou não tão jovem. Bom demais e onde aprendi muito. Andei pelo país e tenho ótimas dicas de como circular por lá sem neura.

Morei uns tempos em Londres. Cidade linda mas morar, principalmente no inverno, arme-se de muita disposição e prá garantir alguns anti-depressivos na bolsa. Cada experiência é uma experiência, mas Londres não é prá qualquer um. Prá mim foi feita prá passear (amo) mas prá morar tô fora.

Nova York. Doideira total. Amo prá morar e passear. Precisa ser uma pessoa devagar quase parando prá não conseguir se virar, andar, conseguir trabalho, enfim curtir tudo que a cidade ofereçe.

Dando uma idéia da coisa.

Desde 1979 quando saí do Brasil pela primeira vez, visitei e morei em vários lugares. E logo, rebanhei mil experiências, vivências legais ou não. Com isso os amigos sempre estão pedindo opiniões, idéias, sugestões, quando vão viajar. E conversa vai conversa vem nesses tantos anos, e satisfeita por sempre poder dar uma mão a todos eles, resolvi dar a mão a todo mundo, repassando as dicas que tenho dado.

A idéia é a seguinte. Ao lado vem a relação do lugares por onde andei. É claro que não posso falar muito sobre todos os lugares, mas onde morei evidentemente tenho mais informações.

VEJA TAMBÉM

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...