terça-feira, 11 de maio de 2010

Sábado no sítio. E o sonho vira realidade.









Mesmo antes de sair de Paris, minha amiga já tava buzinando no meu ouvido. "On va y aller à la fermette! On va y aller!" (Nós vamos ao sítio, nós vamos.) Tá bom! Vamos sim!

E fomos, hoje, passar o dia no sítio.

Realmente é uma delícia. O dia tava lindo, céu rachando de azul, sem estar fazendo calorão. E o que ela mais sonhava, era comer fruta no pé. E como comeu!

Não sabia o que comer primeiro, não sabia onde ir primeiro. Não sou boa em saber o tempo de cada fruta, mas ela comeu pitanga, cacau, mixirica polkan, coco, laranja, cajá-manga, banana, abacate e chupou cana e passou pra caipirinha e dá-lhe torresmo, linguiça frita e, no almoço, arroz branquinho com feijão preto e continua a carnificina, com rabada, frango à passarinho e salada, pra que o fígado não pense que é um suicídio.
E não sente nada, não muda o ronco da barriga. Me impressiona. Acho que, quando comemos com muito prazer, o estômago dá uma ajuda e resolve resolver, sozinho, o problema de fazer aquela miscelânea toda, seguir seu caminho, sem ajuda de medicamento.
Valha-me Deus!
De banda, já foram colocados alguns abacates e um monte de cana pra colocar na mala. Dou o retorno sobre no que vai dar isso, também.

Deu banho em minhoca, por um longo tempo, nem se importando se ia rolar peixe ou não. Teve uma hora que ri muito, porque um amigo me disse: "Diz pra francesa que, se o anzol ficar dentro d'água, vai dar uma boa ajuda pros peixes. Só falta ela querer que o peixe salte fora d'água pra pegar a isca". Ri muito! O anzol tava a um metro de altura da água.

Hoje, domingo, pela manhã, ela saiu cedinho pra ir a Ouro Preto. Sozinha! Cismou que já entende bastante o português e quis ver no que ia dar.

Esperemos até o final da tarde. Prometo contar também essa odisséia.

6 comentários:

Maga. disse...

Iêda,
é q nem a gente qdo sai de casa, tem tempo p explorar tudinho e n quer perder nada.Quer dizer, nem todos, os mais sensíveis.Li n sei aonde, talvez aqui msm: "embora viajemos para encontrar a beleza, devemos levá-la conosco ou não a encontraremos."Isso!
Bons passeios.

José Luiz Foureaux de Souza Júnior disse...

Depois de ficar extasiado com a beleza das fotos e rir a bandeiras despregadas com o "causu", ficou curioso pra saber o que deu a efeméride uma francesa sozinha em Ouro Preto! Vou aguardar!
beijinho

Ieda Dias disse...

Brigadim Maga. Hoje o dia foi proveitoso.
bjins

Ieda Dias disse...

Dei o retorno no post de amanhã meu bem. Entre mortos e feridos....rs
bjins

Clarice disse...

Essa foto de pitangas aí é sacanagem...nem me chamou para ir junto. Estou com saudades. Beijos

Ieda Dias disse...

Meu bem sabe que hermano se lembrou de você? Mas tem pitanga pra dar com pau. Vamos voltar lá. É só combinar. Povo tá indo hj então vou ter tempo pra respirar...rs

VEJA TAMBÉM

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...