domingo, 8 de agosto de 2010

Filhos falam pros pais e o blog deseja a todos os papis um dia cheio de alegria!

Começo escrevendo pro Huguinho, que é pequetito e ainda não escreve, mas já sabe que não poderia ter caído numa casinha melhor do que a que caiu e, nem procurando com uma lanterna de lâmpada halógena, acharia um pai que o amasse mais que este Zé aí. - Eidia, sem pedir autorização do Hugo.

Os defeitos do meu pai, se concentraram somente em outros papéis sociais que ele vive. Como pai, ele é realmente irretocável, um modelo. Deve ter sido filho canseira, deve ser marido chato, difícil. Chefe, então, nem se fala. Sobrou defeito pra caramba pra suas outras atuações, porque, em pai, realmente, não ficou nenhum.
Ana Dias

Eu tenho trinta e um anos. Sou a segunda. E ele me chama de boneca. Quer mais?
Ana Dias

Tem uma letra de música cantada pelo Daniel - que por sinal nunca ouvi - mas a letra é bonita e é muito do que penso do meu papi. Ana Dias

Meu Pai
Daniel

Composição: Tivas / José Victor

Não é porque ele é meu pai
Que eu escrevi esta canção
Fiz bem mais pela beleza
De um senhor com uma grandeza
Além da imaginação

Não é porque ele é meu pai
Que eu o exalto tanto assim
É que pela minha idade
Esse anjo de bondade
Ainda cuida bem de mim

Me aconselha a todo instante
Me dá carinho dá amor
Ele é um raro diamante
De indiscutível valor

É meu amigo do peito
Eu tenho orgulho de falar
Esse homem tão direito
Diplomado em respeito
É um exemplo em nosso lar

Não é porque ele é meu pai
Que eu escrevi esses versos
É que ele se sobressai
Entre os pais do universo

Queria ser mais que um poeta
Nessa rima que se encerra
E essa canção ser um troféu
Pois pra mim é Deus no céu
E o meu pai aqui na Terra

Meu pai é uma pessoa que eu admiro bastante, é um cara que esbanja alegria, carinho e tem uma incrível capacidade de unir as pessoas! Sua sinceridade e perseverança são traços de sua personalidade marcante e admirável! Breno
Nestes espaços, se você quiser dizer algo pro seu papi, é só mandar pra mim que coloco.
Antes, tinha vergonha de abraçar meu pai, devido à educação rígida. Hoje, cubro ele de beijos e descobri que ele adora. Aprendi a honrá-lo e respeitá-lo pois, assim, nossos dias se multiplicam na face da terra. Zé.
Lieber Papi,
so etwas wie Du gibt es nicht!
Hab ich Dir das schon gesagt?
Kuss, Anne
Querido Pia:
Um igual a vocês não existe. Já te disse isso???
Beijim, Anne

Eu e meu pai nos amamos muito - apesar de nunca termos falado isso um para o outro - e nos entendemos maravilhosamente bem - pelo telefone! Mar.
Eu sempre brinco: 'meu pai não fala, dá palestra,' rs ! Às vezes, é uma canseira, mas é o jeito dele e, por fim, é até engraçado! O que sei é que, com palestra ou sem palestra, eu tenho um paizão muito querido e com quem aprendi coisas demais! Te amo papi, parabéns! Denise.
É difícil explicar o inexplicável. So posso dizer que ele é "o cara"! Lelena
Eu tenho o mesmo nome que meu pai. Ele é um outro homem, mas é meu pai! Não é pelo nome, mas é muito bom ser filho dele!!! Zé Luis.





Meu pai morreu há 30 anos, e, até hoje não passa um único só dia da minha vida, que não me lembre dele, de alguma coisa que disse, frase, riso, alegria, maneira, gosto. Se ganhasse 1 real pra cada vez que digo: "como dizia meu pai, ou se meu pai tivesse aqui agora", estaria milionária. Me lembro, de que quando tinha uns 11, 12 anos, pedi permissão a ele pra fazer alguma coisa e ele me respondeu:" o que eu tinha que passar pra você, eu já passei. Daqui pra frente, sempre vou estar aqui, ao seu lado, mas, você já pode decidir sozinha." Acho que isso foi uma grande lição pra eu ter responsabilidade e me deu maturidade pra não fazer grandes cagadas na vida. Só pequenas...rs. Um cara, que tem peito, sabedoria e perspicácia pra falar isso pra uma criança de 11 anos, é porque realmente tinha fé e confiança no que havia ensinado. O danado era phoda. Muito phoda! Poderia escrever muito mais, páginas e páginas, mas seria só pra ficar me repetindo. A essência tá aí. - eidia e irmão, que disse que assinaria o que eu escrevesse.

10 comentários:

José Luiz Foureaux de Souza Júnior disse...

Irretocável a sua homenagem!
Parabéns!
Seu "papi" sabia das coisas, de muitas coisas!
Linda homenagem a sua e a de quem escreveu!
beijinho
;-)

Ieda Dias disse...

Parabéns pra vc também meu bem...bjos pro seu papi

Regina Rozenbaum disse...

Ieda, amada!
Ficou linda dimaiiisss essa homenagem... A última foto é vc e seu irmão???
Beijuuss n.c.

www.toforatodentro.blogspot.com

Regina Rozenbaum disse...

Vortei rsrs nem carece de responder é que hoje é meu dia PÃE como sempre foi durante 47 anos...então já viu, né? Nem tico nem teco...
Beijuuss

www.toforatodentro.blogspot.com

Ieda Dias disse...

Entendi darling...nem esquentei a cuca. Feliz dia das mães/papais.
bjins

Anônimo disse...

Ana minha querida, vc foi ótima na homenagem pro Eder. Ele te chama de boneca pq vc é mesmo 1 boneca.O lance é esse mesmo, valorizar as qualidades apesar dos "defeitos". Tb acho seu pai ótimo, nasceu pra isso.Seu avô tb era o máximo, alegre, inteligente,consciente,mto bom mesmo.Assim como vc eu admirava mto meu pai e aproveitei-o bem. Sua meiguiece me conquistou e a todos. Bjim e parabens pela facilidade que tem em colocar seus sentimentos.

Ieda Dias disse...

Elogio e palavras bonitas precisam ser mostradas, lidas , admiradas. Nem pedi permissão pra minha amiga que mandou este lindo imeio pra minha sobrinha.
bjos meu bem e brigadim

Ieda Dias disse...

Regis, brigadim pelo elogio...
bjos

Kátia Flávia disse...

A homenagem está linda e, Ana, filha, você sempre me emocionando. Te amo pra caramba!

Ieda Dias disse...

Brigadim meu bem. E minha sombrinha lindia....rs
bjos

VEJA TAMBÉM

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...