terça-feira, 24 de agosto de 2010

Uma ideia legal pra várias situações, ou, aposentadas as bananeiras e as moitas.

Adorei essa idéia !

Este toilete portátil, desenvolvido por uma empresa inglesa, tá fazendo o maior sucesso nas vendas pela internet.
Como surgiu a idéia.

Em 1989, no Festival de Glastonbury - Inglaterra, Richard Wharton,  um jovem britânico de 20 anos, saiu de sua  barraca pra ir ao toilete, mas, tava tão fedido, que ele desistiu...rs.  Então, improvisou com um saco plástico e resolveu seu problema.  Aí, nasceu a idéia da privada portátil.

Uma caixa de papelão reutilizável e usando sacos plásticos biodegradáveis.

Mas foi somente em 2006 - quando se tornou, com a Office Shoes, um criador de sapatos muito conhecido em Londres - que resolveu colocar sua ideia em ação, através de uma segunda empresa, a Brown Corporation.
Sua caixa de papelão pode aguentar até 100 kg. Através da abertura, coloca-se o saco plástico biodegradável, que será descartado, e, depois de usada, a caixa é redobrada e guardada pra um próximo uso.
Segundo Richard, eles fizeram o teste em, pelo menos, 50 caixas. Existem caixas pra crianças e adultos.
Imagino que, se for usado em um festival por exemplo, basta colocar, ao redor, um quadrado de lata, compensado, tecido ou madeira, pra haver privacidade, e o lava-mãos do lado de fora.
Muito boa a idéia !

Quem já não passou pela situação deste inglês por conta de mau-cheiro e desconforto ?
Quem for usar, já entra com seu saco plástico, pré-pago na entrada e ele mesmo coloca. É simples.
Perfeito pra acampamentos, festivais e assentamentos de pessoas pós-desastre  - como enchentes, deslizamentos de terra, etc. -  e, enfim , pra onde tiver multidões ou sem condições de rede de esgoto.

Se eu fosse uma empresária brasileira, já corria pra pegar a concessão de uso ou franquia ou o que seja, e vender aqui, em terras tupiniquins.

É o próprio Richard Wharton que faz a demonstração no vídeo.

http://www.thebrowncorporation.com/

"Tenho dormido ultimamente no teatro. Mas a culpa não é minha, não! " Sergio Britto.

7 comentários:

Lêda disse...

Ieda,
Sò um recadinho: leia a crônica do Rubem Alves na Folha de hoje. Está bonita demais...
Bjo, Lêda

Ieda Dias disse...

Tô correndo lá Leda. Brigadim pela dica.
bjos

Ieda Dias disse...

Leda não tô achando. Qual o título da crônica? Por favor.
bjos

Maga. disse...

Que legal!!!E ainda é confortável.
Mas sei não...
To até vendo alguém emprestando, alugando o seu, fazendo negocinho...hehehe Pq ninguém acha q pode precisar e sair carregando na bolsa.Mas vale p certas situações como vc msm falou.
Devia vir junto c alccol 70%.Pesquisei e vi q ainda vem c 10 saquinhos (refil),custa 15.67 libras.
Só n vale é descartar na porta do vizinho como fazem alguns aqui q passeam c seu cãozinho.rrrrrrrssss
bjo

Ieda Dias disse...

hhheee....Maga aqui nesta terra, se chegar , sempre vai ter um trambique...faz parte da cultura tupiniquim...mas que é legal, isso é. E em lugares de muito uso, o legal, seria enterrar os sacos. Tudo viraria adubo.
bjis meu bem

Ana disse...

demais!

Ieda Dias disse...

Povo tá mais econômico a cada dia que passa...rs.
bjins quérida

VEJA TAMBÉM

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...