segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Revelando a alma de uma casa - primeira parte

Uma casa não cria alma de um dia pro outro. O dono dela vai acrescentando a cada dia um pouco da sua vida, da sua alegria, lembranças, presentes, heranças. E aos poucos ela vai criando uma personalidade que só de passar os olhos você identifica o dono. E a partir daí, começa a dizer aquela frase que a gente tanto ouve:
- Vi uma coisa que é a sua cara!
A cara da casa é do jeitinho de quem nela mora.

Os detalhes da casa que vou mostrar, foram acumulados ao longo de 50 aninhos. Até cheiro próprio a casa tem.
A minha casa segundo as sobrinhas, tem um cheiro bom, mas que sempre decepciona. Por que? Elas dizem que entrando no prédio, passando pelos corredores, elevador, sempre tem um cheirinho gostoso de alguem preparando alguma coisa boa pra comer. E elas vão se enchendo de esperança. Quando eu abro a porta, vem o cheiro inconfundível de incenso. Entenderam a grande decepção?  Rs.

Colocarei as legendas das fotos mais tarde. Meu computador se nega a me obedecer. Desisti de lutar contra a maquina. Amanhã eu volto.






                                                                              

2 comentários:

Anônimo disse...

Que delícia de casa! Diga a Michette que ainda vou conhecer este canto dela. Amei os pratos e as latas.

Anônimo disse...

Delicia mesmo. Tem mais. Vou postar essa semana.
bjins

VEJA TAMBÉM

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...