domingo, 14 de agosto de 2011

Feliz Dia dos Pais, papai!

As fotos além de ser em preto e branco ( que eu adoro ) já tem mais de 50 aninhos. Estão gastas, desbotadas, mas dá pra sentir o quanto a nossa infância foi legal. Sempre grudados fosse pra brincar, sair no final de semana ou sentar à mesa pra almoçar e jantar. Sempre juntos,  rindo felizes.
Se você ainda não fez uma foto com seu filho montando cavalinho em você, faça agora. Se ainda não fotografou as crianças brincando no parque com você, faça agora. Não deixe pra depois. O tempo voa e seu filho vai perder a chance de ter a alegria e o prazer que eu tenho hoje,  em ver as fotos com meus pais e meu irmão, a alegria de ver meu pai babando em cima de mim na minha primeira saída de casa com 25 dias de vida,  meu prazer e orgulho de ver o tanto que fui bem cuidada por eles, o tanto que era embonecada com laços e fitas pela  minha mãe.
Obrigada papai!
Obrigada por uma vida vivida com tanta intensidade junto de nós. Obrigada pela paciência, pelas palavras ditas na hora certinha, pela sabedoria simples e objetiva, pelos deliciosos pastéis, kibes e carnes, que você fazia como ninguém, obrigada pela liberdade que me ensinou a praticar.
Uma pena eu não ter tido tempo pra dizer mais do que disse, agradecer, curtir, rir com você, mais do que ri, curti, agradeci.  Como todo filho que se preza eu achei que você fosse ser eterno. Achei que tinha uma vida toda pela frente junto com você. Nunca imaginei que  você iria embora  tão cedo! O que também não imaginei, nunca sonhei, é que mesmo por um tempo tão curto vivido juntos, me dei conta,  que você foi presente demais da conta, cúmplice como poucos pais que conheço, chegado dos chegados, amigo de fé, camarada mesmo.
Não existe um só dia desde que você se foi, que eu não me lembre de você, não fale seu nome, não conte um causu, ou simplesmente,  viva como você gostaria que eu vivesse a minha cidadania, minha parceria com as pessoas e com o lugar onde vivo.
Se hoje alguém se orgulha de mim, acha que sou uma pessoa legal, pode ter certeza que o empurrão foi muito bem dado por você, papai. Deu certo o seu trabalho. Se aqui ainda você estivesse, já estaria ocupando o posto principal, o diretor dos diretores o chefe absoluto da escola ;
 "Como ajudar seu filho a ser feliz,  e conseguir"
Beijos, beijos da sua filha e do seu filho preferidos.

14 comentários:

Ana disse...

Que coisa mais linda, tia. Ameeei as fotos e seu texto, que emociona. Chorei agora há pouco escrevendo o cartão que terei o prazer de entregar pro meu pai ao amanhecer. E imagino que você também deve ter se emocionado escrevendo este texto, que traz tantas recordações e emoções à tona. Obrigada por mais essa.

Bjs!

Anônimo disse...

Que linda homenagem ! Também espero que o meu pai a receba lá onde ele está...quem sabe conversando com o seu !
Obrigada por tudo pai !
Obrigada por estar em minhas lembranças !
Obrigada Pai do Céu por estar na minha vida !
Felicidades a todos que são pais biológicos ou de de coração .
Patyy.

Ieda Dias disse...

Advinhou Anoca. Escrevi chorando. Mas feliz. Sem tristeza. Ter convivido com ele foi um presente.
bjos quérida

Ieda Dias disse...

Pois é Patricia vale pra todos os pais legais. O seu eu tive o prazer de conviver. Eles devem estar lá comemorando e rindo juntos...
bjos bjos

oposicaoreal disse...

Morena, não vale fazer a gente chorar! Se vale alguma coisa, é como você disse: Trabalho bem feito! Pela fruta a gente conhece a árvore! Pela colheita, a semente! Seu pai deve ter sido do caralho! Simples assim, morena! Fica triste não, Morena! Eu também hoje tô com um nó no peito de saudades do "mais Gordo", como eu chamava quem se foi aos 54 anos de idade! Mas, vida que segue! Parabéns pelo texto!

Anônimo disse...

Que texto LINDO Ieda! Simples, doce e cheio de emoção... lindo lindo mesmo... Parabéns!

Bjos

Marise

Maga. disse...

Snif, snif....

Ieda Dias disse...

Foi mesmo REy...todos eles são né mesmo? E se não deu tão certo, valeu a intenção. Não acredito em pai sacana.
bjins bjos

Ieda Dias disse...

Brigadim Marise

bjo grande

Ieda Dias disse...

Também chorei Maga...é bom pra lavar a alma...rs
bjos bjos

Kátia Flávia disse...

Lindo e emocionante. O que toda filha gostaria de dizer hoje para o seu pai. Você disse e ele deve ter ouvido. Saudades do meu, do seu, dos nossos pais. Bjs.

Ieda Dias disse...

Eu também dona Kátia. Eles devem estar se divertindo em algum lugar. A turma é grande
bjos bjos

Clara Lopez disse...

Que paizão, ieda, não são muitos que podem expressar tanto respeito e admiração pelo pai, parabéns, agora a gente sabe onde tudo começou :))
Tudo de ótimo, sempre,
clara

Ieda Dias disse...

Brigada Claríssima...ele era um fofo. bjos bjos bjos

VEJA TAMBÉM

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...