terça-feira, 16 de agosto de 2011

Procurei, procurei, mas não encontrei

Você sabe o que é procissão? Já ouviu falar? Tem alguma idéia? Não? Não duvido.
"Olha lá vai passando a procissão, se arrastando quiném cobra pelo chão..." (G.Gil-1.965)

Quando eu era criança, acompanhar procissões nos principais feriados da Igreja Católica era um evento. Tinha gente que fazia roupa nova pra ir à procissão. Tô brincando não! É verdade. Isso faz parte de um tempo tão distante, que parece fazer parte da minha imaginação.
Me lembro que quando morava na rua Pernmbuco, a procissão começava não sei onde, mas subia a nossa rua toda até a Praça Diogo de Vasconcelos, depois descia pela Cristovão Colombo, entrava na Rua Alagoas e findava na Igreja da Boa Viagem. Uma verdadeira maratona. E os cânticos eram tristes, melancólicos. Era bem pesado  o ambiente. Aliás, igreja católica pra mim é sinônimo de tristeza, sofrimento, silêncio, olhos baixos, resignação. De vez em quando a gente sentia o cheiro de cabelo queimado. Era uma vela que tinha chamuscado o cabelo de alguma pessoa. As filas eram kilométricas. E, como toda boa fila, as pessoas colam umas nas outras. Pelo menos, era. Não tô falando de hoje. Não frequento mais igreja. Nenhuma delas.
Ontem, li em algum lugar sobre a procissão de Nossa Senhora. Hoje é feriado em Belo Horizonte. Só aqui. Dia da Ascensão e ele é dedicado a Nossa Senhora da Boa Viagem, a padroeira de BH.
Quando comecei a ouvir os cânticos, desci pra ver e fotografar.
Foi daí que saiu o título do post de hoje. Eu procurei e não achei. Não existe mais a procissão da minha infância. Pelo menos aqui na Boa Viagem.
Não sou boa pra fazer estimativa, mas calculo,  que não tinham mais que uma 300 pessoas na praça. Muito triste. Tentei enxergar nos rosto das pessoas alguma fé e compaixão dos meus tempos de procissão. Não achei. Tinha um padre falando, e ele lembrava aos poucos que lá estavam, que breve começará a ser construída a sonhada ( não sabia que BH tinha este sonho)  nova catedral de BH.
Dei uma pesquisada e descobri, que vão sim construir uma igreja enorme em 2.012.  O templo foi projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer e representa um sonho antigo da Igreja Católica em Minas Gerais. De acordo com o arcebispo metropolitano de BH, dom Walmor Oliveira de Azevedo, a obra será em uma área de fácil acesso para os fiéis, às margens da Avenida Cristiano Machado, na Região de Venda Nova. A construção deve ficar em torno de R$ 75 e R$ 100 milhões. Estão aguardando as doações.
Capacidade da nova Igreja,  20.000 pessoas.
Que será da linda catedral atual? Eu acho que ela deve comportar bem mais que 300 pessoas. Se hoje os fiéis tivessem sido convidados a entrar, não teriam lotado a igreja.
Pena!



Este é o projeto do Niemeyer pra nova Catedral.

2 comentários:

Anônimo disse...

Pois é Ieda, acho que pra encontrar o que você está procurando só indo pras cidades do interior.
beijo
Beth

Ieda Dias disse...

Vero Beth, Ouro Preto ainda tem procissão.
bjos meu bem

VEJA TAMBÉM

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...