domingo, 4 de setembro de 2011

Passeando pela Capote Valente...inverno florido paulistano


















2 comentários:

Anônimo disse...

No Brasil não temos uma explosão de flores na primavera como nos países frios, mas em compensação temos flores o ano todo, não é mesmo? Muitas vezes sequer olhamos as que estão à nossa volta.
Gosto de um poema de Alberto Caeiro.
"Pobres flores dos jardins regulares da cidade
parece que têm medo da polícia,
mas de tão boas
florescem da mesma maneira."
Um poeta português, heterônimo de Fernando Pessoa, que amava o campo com suas flores.
Um abraço.
Luiz César

Ieda Dias disse...

Pois eu to sempre de olho na nossa natureza. De olho e amando.
bjins Lu

VEJA TAMBÉM

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...