quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Comer bem em aeroporto ( lá fora ) já é possível

Não que eu queira encontrar os melhores restaurantes nos aeroportos mas, de modo geral, quando eu tô viajando já fico meio enjoada, troca-troca de horários, comida de avião que normalmente é dura na queda, cansaço, tudo isso me faz ficar mais chata ainda pra comer. E em aeroporto realmente é difícil achar alguma coisa que me interesse.
Não digo que vou ficar cliente destes aí, por conta dos preços é claro, mas não deixa de ser mais uma opção. Restaurantes legais, com comida de verdade.
Vejam  só.
O chef celebridade Gordon Ramsay ( aquele maluco que tem um programa diabólico na tv) tem um restaurante no aeroporto de Heatrow, Londres.

Comer em aeroporto é sinônimo de fast-food e além de tudo muito caro. Nos aeroportos do Brasil então, é de arrepiar. Já contei aqui de uma devolução que fiz no aeroporto de Congonhas. Já não chega os políticos roubando da gente. 
Essa é a imagem que nós viajantes guardamos de nossas  incursões gastronômicas por terminais mundo afora, mas, se depender dos últimos investimentos de linhas aéreas e chefs consagrados em alguns aeroportos, ela pode mudar logo.
O restaurante do chef Gordon fica em  pleno Terminal 5 do aeroporto de Heatrow, em Londres. O menu inclui salada de pato com agrião, gengibre e chili (8,50 libras esterlinas) e barriga de porco de Suffolk com maçãs carameladas e molho de sálvia (14,95 libras). Barato não é, mas comprando com  um pão de queijo e uma Coca em Congonhas a quase 10 reais, tá de grátis.
Já o T5, terminal da JetBlue no aeroporto JFK, em Nova York, reúne uma seleção de restaurantes de diversas cozinhas, incluindo o Away Cafe, bar de inspiração polinésia com a grife de Jimmy Buffet, cantor e empresário dono de cadeias de restaurantes, e o restaurante Deep Blue Sushi, com menu criado pelo chef celebridade Michael Schulson. Adoro comida japonesa. Quando passar por lá vejo os preços e passo pra você.



A cara da comida mexicana tá ótima! E o chef não é de se jogar fora!

Outro chef famoso por programas na TV que resolveu instalar um restaurante em um aeroporto é Rick Bayless, conhecido por sua cozinha de inspiração mexicana, que abriu o Tortas Frontera no terminal da United Airlines no aeroporto de O'Hare, em Chicago.

                                                                          Este é o Top Air
Já o "celebrity chef" Raymond Capaldi criou o menu do Plonk, bar de vinhos no terminal 2 do aeroporto de Melbourne, na Austrália. No aeroporto de Stuttgart, na Alemanha, o luxo vai além da celebridade: o restaurante Top Air, comandado pelo chef Claudio Urru, exibe uma estrela do renomado "Guia Michelin" desde 1992. No caso do aeroporto de Genebra, na Suíça, o restaurante Altitude conta com o trabalho de dois chefs que já foram agraciados com estrelas Michelin por trabalhos na cidade. Melhor apresentação, impossível!

                                                              Restaurante Altitude em Genebra
E você, o que acha da ideia de restaurantes gourmet em aeroportos? Qual deles gostaria de ver em um aeroporto brasileiro? Acho melhor esperar primeiro aeroportos serem construidos e os que aqui já estão serem reformados, pra depois inventar moda de comer legal. Tem muita coisa a ser feita, antes de bons restaurantes em aeroporto, né não?

Nenhum comentário:

VEJA TAMBÉM

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...