quarta-feira, 23 de maio de 2012

Causinho rápido.

Estávamos dois amigos e eu estacionados esperando uma quarta pessoa, então passou um garoto de uns 14 anos vendendo pedaços de coco. Até que dá vontade de comprar. Amo coco. Mas é melhor não.
Ofereceu, ninguém quis e ele ficou com a carinha colado no vidro olhando pra mim um bom tempo.
Aí, meu amigo abriu a porta e falou:
- Ao invés de você ficar parado aí olhando a moça deveria estar oferecendo seu produto. Já perdeu umas cinco vendas.
O menino saiu quinem uma flecha.
Eles tem um humor muito interessante.


5 comentários:

Anônimo disse...

Mas nem coco pode comer na rua, por quê? Nâo é lavado, a água é suja?
bjo, clara

Ieda Dias disse...

Clara, coco aberto é complicado. A questão de higiene aqui é muito diferente da nossa. Eles q já tem todos os anti-corpos possiveis, comem e tudo bem. Mas tem muita mosca pousada nos alimentos. Eu não me aarisco.
bjins

Ieda Dias disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ieda Dias disse...

Seria a mesma coisa q vc beber um suco feito num balde a beira da estrada aí no Brasil. Vc se anima?...rsss...
bjins

Ieda Dias disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

VEJA TAMBÉM

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...