quinta-feira, 18 de agosto de 2016

COMO ANDA A VIDA DOS IRMÃOS NA MÃE ÁFRICA...

Minha querida amiga congolesa Bajira Anne, fez uma visita esta semana e me mandou o que encontrou.
Ela foi conhecer um vilarejo que fica bem longe da cidade dela que é Bukavu. Foram mais ou menos 50 km de carro, depois caminhou mais 50 km à pé, de 5 da manhã até 6 da tarde até chegar em Kajabuza.
Traduzi o texto dela pra você conhecer um pouco mais sobre nossa Mãe África.
Achei tudo muito parecido com a vida do povo em Bodhgaya
Povos diferentes com os mesmos problemas.



O fogão




Eles come porquinhos da Índia

E dá-lhe criançada!



Bajira descansando "à sombra" do mandiocal...rsrs...


A base da alimentação é a mandioca.




"Entre 11 e 16 de agosto agora, fiz uma visita a um lugarejo e caminhei 50 km de onde moro, pra fazer um estudo da situação sócio econômica-sanitária-cultural dos moradores.
O lugar se chama Kajabuza e fica muito isolado, em uma região sem estrada, sem água potável, sem escolas, sem moinho pra moer a mandioca.
As mulheres usam o pilão pra fazer a farinha e tem cisterna pra conseguir água.
As casas são construídas de barro e bambu e raras são as que tem telhas.
As famílias se amontoam com seus animais.
A comida é feita no fogão a lenha onde as panelas ficam apoiadas em três pedras colocadas em forma de triângulo.
Os alimentos não tem óleo nem sal, não porque fazem regime alimentar, mas porque não tem dinheiro pra comprar.
O que mais gostei de ver foi a solidariedade que reina entre todos.
Todos os trabalhos são feitos em comum. As mulheres cuidam da roça de mandioca e fazem  viveiros pra criar peixe.
Apesar da vida não ser fácil neste lugar, convido meus amigos pra vir conhecer".


Nenhum comentário:

VEJA TAMBÉM

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...