sexta-feira, 18 de novembro de 2016

SENDO BRASILEIRO COM POUCO ORGULHO



...ebaaa!!! bora ver as meninas do futebol no Mineirão! 
Que alegria!
E junta um monte de amigos e família e pega táxi pra ir até o Move, (ônibus pro estádio) porque não dava pra ir de carro, beleza, precisamos usar o transporte público que funciona em grandes cidades e aqui também vai ser legal, mas pra ser legal, o povo que usa também precisa ser legal, então empurra-empurra pra fazer fila, empurra-empurra  pra fila andar e aparece um mané gritando "Mineirão saindo agora, quem quer?" e 
povo sai da fila de comprar o bilhete do ônibus e paga pro mané, e ele que tinha um cartão cheio de "pré comprado" passa quem pagou na frente, o cara que toma conta da roleta (comparsa?) finge que não vê, neguinho na fila grita "pouca vergonha!" e o cara da roleta finge que não houve, e entra no ônibus lotado, espremidos, que sai numa velocidade maior do que a permitida e todos gritam de alegria e festa ou de medo, e vamu qui vamu chegando perto do estádio, e o ônibus para num lugar diferente do lugar marcado no mapa, e andamos e andamos, e aí vem a primeira revista, homens pra esquerda e mulheres pra direita, e os membros dos grupos com medo de se perder, e continua o baile, chegando perto das catracas de entrada o bicho pega porque a multidão se aglomera e vira uma situação de pânico, porque qualquer pequena merda que rolasse viraria uma merda enorme, e o jogo já começando lá dentro, criança chorando, e chega um espertinho e tira a grade e passa, e todo mundo grita, e não mais que de repente torcedores retiram as grades e todos invadem em direção as catracas e aí não tem mais controle de nada, nem de revista, nem de conferência de ingresso, nem quem pagou mais ou menos vai pro lugar escolhido, quem pagou mais, senta onde dá, e bora assistir o jogo, meninas valentes, jogo bonito de se ver, mas 
 deixamos de assistir o final porque prevendo a peleja da saída saímos antes  e não mais voltamos pro dia seguinte já com ingresso comprado pra outro evento porque ninguem é de ferro pra segurar uma barra assim dois dias seguidos, enquanto ouvíamos  os torcedores aos berros cantando dentro do estádio:

"EEEUUUUU......SOU BRASILEEEEEIIIRROOOO, COM MUITO ORGUUUULHHOOOOO!!!!

Não senti orgulho de ser brasileira nesta noite.





ps.: escrevi este post com a situação narrada por minha sobrinha na época das Olimpíadas e me esqueci de postar.
Infelizmente ainda tá em tempo.

2 comentários:

✿ chica disse...

Não anda muito fácil de sentir orgulho por aqui,rs...

Vim deixar um beijo, no dia em que encerro o ano nos meus blogs( vamos receber dentro de uns dias nosso filho de longe), desejando tudo de bom! Boas festas e até janeiro! Obrigadão pela companhia nesse ano!  chica

Eidia Dias disse...

Chica querida aproveite bem a visita do filhote e que seu Natal seja lindo assim como o ano que vem...bjosbjosjbos

VEJA TAMBÉM

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...