segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Matando a cobra e mostrando o pau

Quando eu digo que qualquer 5, 10, 20 reais aqui fazem a maior festa, as pessoas custam a acreditar. Muitas não acreditam.
Olhe só meu dia de hoje e vejam se não dá um enorme prazer estar vivo pra poder passar por uma situação assim.
Tudo começou quando há alguns dias atrás publiquei esta foto

Este garoto mora aqui do lado do meu Hotel e sempre que saio passo pela rua dele que adoro. Rua cheia de movimento e não existe turista. É uma região tipicamente nativa. Acabo tirando fotos legais, converso com as pessoas e muitos já me cumprimentam. Já me conhecem.
Tava um frio danado e ele tava no sol costurando essa blusa cheia de furos. Foi antes do Natal, e esta era a legenda no Face Book
Peguei este garoto costurando uma blusa, quando tava indo pra escola hoje. A blusa cheia de furos e ele tentando fazer ela durar mais um pouco.
Adivinhem no que pensei!....
Bodhgaya-Índia
Um querido amigo, grande colaborador e incentivador do nosso projeto, Luiz César, me escreveu dizendo que o garoto se parecia muito com um sobrinho dele e ele queria ajudar. Conversamos sobre o que ele queria que eu fizesse e hoje saí pra procurar o menino. Com a câmera e a foto dele. Foi façim. Parei na porta da casa onde fiz a foto e mostrei pra umas pessoas. Num minuto juntou uma multidão (coisa normal aqui) e chamaram ele que tava brincando com uns amigos. Descalço, short, e uma jaqueta sem manga. Arrepiado de frio. Perguntei se alguem falava inglês. Ninguém. Fiz um gesto de vem comigo e não só veio no mesmo instante como  os amigos também.
Daí pra frente foi só alegria como você vai ver nas fotos. Em poucos minutos a gente já tava se entendendo, ele sacou que eu queria comprar roupa e sapato e que era pra ele escolher do gosto dele. E tirou onda. Eu mostrava alguma coisa e ele sem a menor timidez. Não, não, não.
E fomos fondo.
 Parada no muro pra primeira foto

 As crianças aqui são educadas, gentis, humildes, mas sem essa de coitadinhos Só quando eles querem e sabem que vai surtir efeito...pra turista por exemplo fazem cara de dó...rs
São altivos na maioria das vezes. O problema é quando vão crescendo...bão mas isso já é outra história

 E lá vamos nós...

 Agora, já bem mais sabendo a que veio, ele circula com determinação procurando  o novo guarda-roupa


 Primeira escolha...acho que essa coisa tá na moda...já vi em vários lugares e era isso que ele queria. Mas o dono da barraca perdeu a chance de fazer uma boa venda. Pediu muito...falei, nem morta! Vambora! Ele ainda ficou gritando e abaixando o preço mas isso não me comove mais. 
Dançou!
Perdeu! Perdeu!

Aí ele achou esta, adorou, e o preço era bom. Bora procurar calça

 O bom é que já ficou com ela porque hoje tá muito frio

Ele ficou um pouco constrangido de tirar o calção sem cuecas, mas eu tinha levado duas que a Tetê mandou, já saquei da bolsa ele vestiu e ainda fiz foto...rs

 E foi claro! Quero jeans. Então tá.


 Conferiu tudo, gostou e levou. O calção já foi pra uma sacolinha que ele mesmo pediu

 Aí fomos pra loja onde comprei as sandalinhas dos meninos da escola

 Essa ele nem disse nada. Já agradou e pronto. E não tem essa bobagem de pé sujo, tomar banho pra colocar roupa nova....nada disso

 Olha só a indumentaria completa
Ele perguntou se eu ia comprar também pros amigos. Falei que hoje era só pra ele mas se alguem me desse dinheiro eu compraria pros outros

 Agradeceu várias vezes e fez aquele gesto que eu acho lindo mas quando não é comigo, que é de agachar e passar a mão nos meus pés e agradecer...fico super constrangida.

 Pra aliviar a situação dos amigos que não ganharam nada, resolvi patrocinar um almoço
Outra alegria

 Pose enquanto espera o almoço

 Olha o olho de ansiedade esperando o moço fazer os pratos

 Amei esta foto. Ele virou outra pessoa. Compare com a primeira foto

 E os amigos comeram também no maior apetite

 Notem que já foi terceirizado o serviço de carregar a sacola...rs


 Ele ardeu na pimenta...mas eles amam!

 Voltamos todos de riquixá...outra festa

 Dei até uma gorgeta pro piloto...o peso fez o moço se esforçar...rs

 Agora com ensaio

 E a alegria ganhou mais energia...

Aqui sem ensaio...parei quando fiquei com medo dele enfartar de tanta angustia...rs
Ah! O nome da peça rara?
ARVIND KUMAR

Em quanto ficou essa festa?

Jaqueta   200 rúpias
Calça Jeans   200 rúpias
Sandália   130 rúpias
Almoço pra 5 pessoas   50 rúpias

TOTAL    580 rúpias que são mais ou menos 20 reais
Preço de poder proporcionar este prazer?
NÃO TEM PREÇO!!! 

Se animou em fazer a alegria de mais crianças?
DEPOSITE EM MINHA CONTA DO
HSBC
BANCO 399
AGENCIA 1561
CONTA 0831621 sem dígito tudo junto
CPF 156643506 44

MUITO OBRIGADA!  
 
If you do not live in Brasil and wants to help. Please send us an email at  
eidiabh@gmail.com 

5 comentários:

Lilian Lopes disse...

Que coisa linda!!! Ieda vc é muito amorrrrrrrr

Ieda Dias disse...

Obrigada Lilian...muito mesmo. Quer nos ajudar?
bjos bjos

Ieda Dias disse...


Luiz César comentou seu link.
Luiz escreveu: "Puxa vida Ieda, assim você me mata. Bom, da minha promessa de Natal, amanhã deposito a segunda parte. Um abraço."

Comentário do autor da idéia no Face..bjos meu bem...será um prazer matar assim vários colaboradores...r

Anônimo disse...

Esse menino deve pensar: gente que que eu fiz pra ganhar tanta coisa? Que Luis é esse? Deve dar 1 nó.
Mto bonitinho e fiquei aflita esperando ele falar obrigada.MH

Sergio Lili disse...

Lindo, maravilhoso, fiquei arrepiado. Parabéns!!!

VEJA TAMBÉM

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...