quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

MAIS UM EMPURRÃO DE UM GRANDE AMIGO

E COMO DIZ O QUERIDO WILSON DA NEVES:
- Ô SORTE!!!!
  • Existem pessoas que cuidam de cães e gatos abandonados e maltratados. Outras, cuidam de gente. Uns, protegem filhotes. Outras de crianças.
    E não há nada mais injusto e antinatural que tentar separá-las ou compará-las. TODAS são movidas por um sentimento maior, de fazer parte de um mundo só, de um planeta que é agredido em sua maior qualidade: a da convivência entre todos.
    Não conheço nenhum protetor de animais que não seja também um apoiador de ações para e pelas crianças. E idem o oposto.
    No Brasil, infelizmente, ações humanitárias são campo fértil para pilantragens de todos os tipos. Seja na defesa dos cães e gatos abandonados ou no socialmente (incomparavelmente) mais elevado, no cuidado com seres humanos, sejam estes idosos, doentes ou crianças. Mas o que os movem sempre é o desejo maior de um mundo um pouco mais justo. Sem crueldades ou divisões.
    Pior é quem se apegando nesta divisão criticam uns e outros. E nada fazem. Preferem a zona de conforto do teclado.
    Conhecemos a Ieda Dias. O que leva uma mulher que conhece o mundo a dedicar a vida – há alguns anos – em transformar uma escola na Índia, com 70 crianças, sem portas ou janelas, sem banheiro ou cozinha, sem luz e água encanada em uma ESCOLA que mereça esta denominação? Fé? Força de vontade? Orgulho? Necessidade de ser admirada?
    Quem a conhece sabe a reposta. Nenhuma destas motivações. Nasce dela como se fosse (e deveria ser) natural.
    Passados alguns anos, a escola tem água, luz, salas novas, cozinha com pia e fogão (antes era uma fogueira onde se cozinhava), computadores e uma interação com pais e mães que está mudando a vida de SERES HUMANOS em algum lugar.
    Por que não no Brasil? Por que as crianças AINDA não merecem ser divididas em fronteiras. São só crianças e basta.
    Como ela conseguiu isto? Com doações que ela presta contas centavo a centavo. Com pedidos de ajuda, desde espaço em mídia para obtenção de novos apoiadores, de roupas, de dinheiro e de apoio moral.
    E ela conseguiu. Contra muitos contratempos. Principalmente culturais nascidos de uma comunidade miserável no interior da Índia. Sem se preocupar com religião, viu no Natal, os meninos celebrarem o “aniversário” de Jesus, com bolos e cantigas. Do jeito que eles entenderam o que seria o Natal.
    Agora ela presta contas do que fez com as doeções. O quanto caminho. E como disse uma vez em entrevista ao site de VEJA, em entrevista ao Augusto Nunes, “se mais gente ajudar, vamos mais rápido. Senão, vamos devagar, mas vamos!”
    Ieda foi! E irá mais longe. Com a compra da van que permitirá uma fonte de renda (e suporte) à escola e à comunidade.
    Ieda não é rica. Ao contrário. Sobrevive como aposentada.
    Mas tem uma riqueza que não se mede, não se quantifica nem se acumula.
    Aquela que nasce da divisão.
    Obrigado IEDA DIAS!
Pra ajudar a nossa

PREMAMETTA SCHOOL,

que tal programar para o ano todo? Mensalmente. Não importa a quantia. De R$10,00 a quantos reais você puder doar.

Nos ajude por favor

IEDA MARIA RIBEIRO DIAS
HSBC
BANCO 399
AGENCIA 1561
CONTA 0831621
CPF 156643506 44

ou


IEDA MARIA RIBEIRO DIAS
CAIXA ECONÔMICA FEDERAL

BANCO 104
CONTA POUPANÇA 013
AGENCIA 2381
CONTA 000186058
CPF 156643506 44

(em qualquer casa lotérica )

OU

IEDA MARIA RIBEIRO DIAS
BANCO DO BRASIL
BANCO 001
CONTA POUPANÇA 15405-9
AGENCIA 4352-4
CPF 156643506 44

ou

ou 

DOAÇÃO on line aqui no blog

Nenhum comentário:

VEJA TAMBÉM

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...