quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Quem pensa que o Brasil não é um país sério, é porque nunca foi ao Iraque!


Quem acompanha o blog tá acostumado, mas você que chegou agora vai dizer:
- Claro que isso é invenção! Imaginação muito fértil.
Nada disso. Verdadinha da silva.
Quando trabalhamos no Iraque, assim que entrávamos no país nosso passaporte era confiscado. Chegando ao acampamento entregávamos ao depto pessoal e ele passava pro Serviço de Imigração do país. Lá eles faziam sei lá o que com ele durante um longo tempo e depois nos devolviam.
Uma vez,  antes que ele fosse devolvido pra mim precisei do passaporte pra viajar. Era urgente o assunto, então fui eu mesma ao Serviço de Imigração em Bagdad pra recuperar o danado.
Lá, como aqui, o serviço público era muito moroso. Aquele povão enrro, quer dizer, trabalhando,  e uma demora do cão pra conseguir qualquer coisa.
Cheguei  até a sala que me foi indicada, passei os dados que me pediram e uma moça começou a procurar. Abriu uma gaveta daquelas de correr, onde os passaportes deveriam estar em ordem alfabética, e foi até o fim da minha letra, voltou no começo, começou de A a Z,  de novo de trás pra frente, recomeçou do meio, do meio pra frente, de frente  pra trás, e nada. Procurou em outras gavetas, pastas, pilhas e nada.
Eu já com medo dela desistir e me mandar voltar depois, coisa que seria impossível fazer, porque já ia viajar no dia seguinte, comecei a procurar junto com ela. Tinha a vantagem da capa verde, então todo montinho que eu via, qualquer coisa verde eu mostrava e ela procurava,  e nada!
Já quase no desespero, não sei como nem porque , olhei pro pé da cadeira onde a moça se sentava, e vi quatro passaportes empilhados, calçando pra cadeira não mancar. Dois eram de capa azul, um vermelha e o outro era verde.
Viajei tranquila no dia seguinte.

8 comentários:

  1. Ieda,Que 2012 seja um ano de muitas realizações pra você e sua família! Obrigada por dividir suas experiencias, dicas e causos sempre tão divertidos!
    abração

    ResponderExcluir
  2. Brigadim Tutti...pra vc tb e todos q vc ama...e vambora com muito mais histórias e causus em 2012.
    bjos bjos

    ResponderExcluir
  3. "Pasmei",rss
    Que seu anjo da guarda continue forteeeeeee.
    bjim

    ResponderExcluir
  4. hee....Maga, toda hora me lembro de um causu...tem mais, tem mais...rs bjos e um 2012 cheio de risos e e saude proce e sua turma

    ResponderExcluir
  5. Mas, como disse Charles de Gaule: "O Brasil não é um país sério". Tenho certeza que nunca foi, não é no momento e, no futuro, talvez. É só ver as notas do Supremo Tribunal Federal onde o sr Lewandosky pediu vistas do processo do mensalão, + ou - 10.000 páginas e sendo que vence em 2012. Não será julgado por decurso de prazo. Quem dera usássemos passaportes para calçar mesas e o restante do país funcionasse.
    Um abraço.
    Luiz César.

    ResponderExcluir
  6. Na boa meu bem...ja sartei fora dessa...deixo pra turma mais nova...minha parte ja fiz e continuo fazendo, mas me estressar por contas fos fdp, nem morta!
    Um 2012 cheio de alegria e saude pra vc e sua turma.
    E o dia q não mais existir passaporte, teremos alcançado o nirvana
    bjos bjos

    ResponderExcluir
  7. Pois é Bia...parece piada né não?
    bjins

    ResponderExcluir

Se você não tem conta no google, é só clicar em 'anônimo' para enviar seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...