domingo, 6 de maio de 2012

Templo Mahabodhi-um lugar pra passear, meditar,ler ou só contemplar a beleza

Templo Mahabodhi (Templo do Grande Despertar) é um templo Budista localizado em Bodhgaya ou Bodh Gaya, na Índia, o local onde Siddhartha Gautama atingiu a iluminação, tornando-se Buda.

As simbologias são muito bonitas. O templo foi construído bem abaixo do nível da rua. Precisamos descer pra ir ao encontro do mestre Budha. 
Fiz esta foto do alto da escada.

Impossível não se emocionar e sentir a paz e a tranquilidade da figura de Budha dentro da sua casa. Me lembro de ter conhecido um casal em Jerusalém, ateus, dizerem:
- Não importa em que você acredita, mas é impossível não se emocionar com Jerusalém. 
Concordo totalmente. Não sigo nenhuma religião em particular. Respeito todas.
Tenho minha fé e minha crença em quem me inspira paz e confiança.

A árvore precisou ser cercada, porque as pessoas queriam levar uma lembrança. Uma folha ou tirar uma casquinha. Ela estava perigando de morrer. Esta árvore é como se fosse uma tetra neta da original.
Vi pessoas esperando que alguma folha caísse pra levar de lembrança. Ganhei duas de um monge amigo do Anup. Caíram pertinho de nós e ele catou pra mim.

Coloquei as duas dentro de um livro e já estão secando.

De acordo com a tradição, em torno de 530 a.C. Siddharta, então um monge peregrino, chegou às margens do rio Falgu, perto da cidade de Gaya.( Vou me informar direito, mas se é o rio que tô pensando, tá sequinho. só terá água em setembro) Ali ele sentou-se em meditação sob uma figueira (Ficus religiosa), que mais tarde veio a ser conhecida como a Árvore Bodhi. Depois de três dias de meditação ininterrupta, Siddharta alcançou a iluminação e o fim de suas buscas. Então o Buda passou as sete semanas seguintes em vários pontos da região, meditando a avaliando sua experiência, e estes locais estão relacionados com o complexo do Templo.
A primeira semana ele passou debaixo da árvore. Na segunda, permaneceu de pé, contemplando ininterruptamente a figueira, no local conhecido como Stupa Animeshlocha(Santuário da Vigília), a leste do templo, onde existe uma estátua com o Buda olhando fixamente a figueira. Depois ele andou entre a árvore e a Stupa Animeshlocha, e em cada pegada sua teria nascido uma flor de lótus. O percurso é conhecido hoje com o nome deRatnachakarma (Caminho Precioso).



Por todo o complexo onde fica o templo e a árvore, a gente encontra pessoas reunidas meditando, discutindo os ensinamentos de Budha, ou simplesmente curtindo a paz do lugar.


Se bem entendi, esta monja lavava as cumbuquinhas onde eles comem o arroz em cima deste altar, pra aproveitar a água e limpar os dois ao mesmo tempo. Deve fazer isso todo dia, porque eram as pedras mais limpas do lugar.



O grande dia da lua cheia e aniversário de Budha é comemorado hoje. Daqui a pouco vou pra rua aproveitar a festa e fotografar muito.
Agora é meio-dia aqui, e 3.30h da madruga no Brasil.


Modernamente o Templo Mahabodhi é propriedade do estado de Bihar, e é administrado por um corpo multinacional, que inclui a participação de membros indianos e outros de países Budistas -Butão, Sri Lanka, MyanmarJapãoCambodjaMongóliaCoréiaTailândiaSikkim ( todos tem templos aqui. Já mostrei alguns aqui no blog ) e um representante do Dalai Lama. Em junho de 2002 o complexo foi declarado Patrimônio Mundial pela UNESCO

8 comentários:

Wilma disse...

Ieda, que lindas fotos!! o mais importante é ver que em nome de uma fé em que quer que seja, o Homem é capaz de criar esses espetáculos de arquitetura que nos emociona até, é de arrepiar mesmo até na foto...preciso de mais tempo pra viajar nessa sua viagem. Obrigada por compartilhar e Aproveite Bem!!!

Anônimo disse...

Oi Ieda ! Comentei com um amigo sobre a sua viagem a Índia, e ele me pediu para dizer-lhe, que se possível, não deixar de ir a Auroville e conhecer Sri Aurobindo.Passei o seu blog para ele e ele t/b te seguirá.
Qdo vc voltar, ele vai querer te conhecer pessoalmente.O nome dele é Luíz, uma pessoa t/b muito especial.Sensível,culto, preocupado com o rumo do nosso planeta e das pessoas. Bjs Patyy.

Ieda Dias disse...

Oi Wilma, vai vendo aos pouquinhos...imagine eu aqui, tentando absorver isso tudo, depois de uma lambada que foi Auschwitz...minha cabeça tem hora que dá um nó.Vamos q vamo!
bjins meu bem

Ieda Dias disse...

Patty, me informei sobre este lugar, e realmente parece fantástico, mas não vai ser ainda desta vez. Fica muito longe de onde eu estou, e não tenho grana pra tanta estrepolia. Mas, outras viagens virão...brigadim pela dica.
E diz pro luis, que o chá com massala já fica marcado lá em casa, ok?
bjos bjos

Unknown disse...

Ieda,

Saudades de você. Estou curtindo um pouquinho de sua viagem pela Índia.
Quando volta? Ainda tem escala em algum lugar ou vai ser direto?
Beijo grande. Também quero ser convidada para esse chá...

Clarice

Unknown disse...

Não estou entendendo nada, abriu de novo para comentar....esse negócio tá me dando um banho.....kkkkkkkk

Ieda Dias disse...

Clarice darling, ainda demoro um pouco pra voltar, devo chegar aí em julho. Tenho aproveitado muito e alcançado muito do que sonhei.
bjos bjos
E vamos tomar chá com massalaaté enjoar...tenho tomado todo dia e adoro...

Ieda Dias disse...

Tudo isso é culpa do Google...eu nem mexo nesta parte...cada hora alguem me reclama de alguma coisa...Como dizem os franceses: Va savoir!!!! rss.
bjins

VEJA TAMBÉM

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...