terça-feira, 26 de abril de 2011

São Sebastião das Águas Claras, ou Macacos. Que visual!

Domingo é dia legal de ir a Macacos pra almoçar. A região é cercada por rios e montanhas, próximo a Belo Horizonte. Localizado a 25 km de BH, o distrito de São Sebastião das Águas Claras, também conhecido como Macacos é um vilarejo. Uma de suas primeiras construções é a igreja de São Sebastião, construída em 1718. O povoamento do distrito de Macacos iniciou-se logo no início do século XVIII, com a descoberta do ouro na região. São inúmeras as histórias que definem o nome Macacos para o vilarejo. Segundo Lívia Nicholls do departamento de turismo de Nova Lima, “os bandeirantes portugueses chamavam de “macacos” os contrabandistas de ouro que usavam as trilhas da região para contrabandearem ouro, com isso a região ficou conhecida como região dos Macacos”. Com o passar do tempo, Macacos foi se formando, alicerçada, nas atividades de pequena agricultura e comércio de gêneros de primeira necessidade. A extração do ouro durou até meados do século XIX, quando o metal tornou-se escasso e sua extração mais difícil, e isso fez com que a região ficasse esquecida. Entretanto, nas últimas décadas, Macacos teve esse quadro mudado, pois o turismo, principalmente o ecoturismo, turismo de aventura e o turismo gastronômico tornaram-se notórios.
E várias pousadas, restaurantes aconchegantes e com comidinhas deliciosas foram tomando praça em Macacos. Amigos meus se mudaram pra lá. O visual das montanhas de Minas, da descida da serra, o cheiro do mato, o encontro com os treieiros sujos de lama, tudo faz o passeio ficar mais bacana ainda.

A terra vermelha de minério e as casinhas coloridas com cores fortes, são a marca do lugar.

E pra variar, final de tarde com céu maravilhoso. Falar de natureza, beleza, cheiros, cores, comida mineira, passeios, dias lindos de sol, já tá quiném chover no molhado.
Hoje mesmo quando me levantei, olhei pro céu azulzim, lindo, e disse pra minha visita francesa. Tô ficando quiném seu marido. Todo dia repetindo a mesma coisa. A única diferença, é que ele se levantava, olhava pra fora e dizia:
- Nevando de novo? Que novidade!
E eu digo:
- Céu azul e dia lindo de novo? Sem novidade...rs.

Recadim: Se você vir o Jornal TUDO, número 3 por aí,  não deixe de pegar pra ler. Linda e muito chic, minha amiga foi entrevistada e tá lá na capa e na matéria interna no maior charme. Só deu ela.

6 comentários:

Sandra =^.^= disse...

Ai meu Deus que lugar lindo.
Deu pra sentir a calmaria daqui.
É disso que eu gosto.
Bjoooos.

Ieda Dias disse...

Calmo e lindo Sandra. E ainda por cima se come bem. Venha conhecer.
bjins

Dylan disse...

Que lugar fantástico!

Ieda Dias disse...

Venha conhecer Dylan...
bjins

Maga. disse...

Vi as montanhas mineiras e lembrei das montanhas de Saint Nicolas la Chapelle por causa de sua amiga,ambas lindas nas suas diferenças.
Acho q ela está proveitando bastante a estadia,vcs têm andado um bocado, né?

Ieda Dias disse...

E como, Maga...férias boas demais!
bjins

VEJA TAMBÉM

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...