sábado, 22 de outubro de 2011

A fila tá andando lentamente, mas chegaremos lá

Adorei este desenho que retirei do jornal francês Le Parisien.
Tem muito mais gente pra colocar nessa lista. Na pole-position bem no grid de largada eu colocaria de bom grado, Fidel Alejandro Castro Ruz (já com o pé na cova, mas um empurrãozinho ia bem) e Raúl Modesto Castro Ruz ( se os dois se dessem as mãos o serviço ficaria mais fácil), Hugo Rafael Chávez Frias ( já bem encaminhado), Robert Mugabe, Teodoro Obiang, José Eduardo dos Santos.
Isso só falando de ditadores.

Considerações de alguns leitores:

«Kadhafi est parti, à ton tour Bachar»,
Kadhafi se foi, sua vez Bachar

 «Tyrans, tirez-en une leçon (...). Votre fin est inéluctable»,
Tiranos, aprendam a lição. Seu fim é inevitável

 «Vas-tu fuir comme Kadhafi où ton peuple te poursuivra de maison en maison?»,
Vai fugir como Kadhafi e seu povo vai te caçar de casa em casa

«Ben Ali s'est enfui, Moubarak est en procès, Kadhafi a été tué. Plus le tyran résiste, plus son châtiment est horrible».
Ben Ali escapou. Moubarak está a caminho, Kadhafi foi morto. Mais o tirano resiste, mais sua punição é terrível

Kadhafi en enfer, Bachar prépare-toi»,
Kadhafi já tá no inferno, Bachar se prepare

«Saleh, as-tu bien dormi hier?». 
Saleh, você dormiu bem a noite passada? ( muito bom esse )

«Quarante-deux ans de Kadhafi au pouvoir s'achèvent en deux balles»,
Quarenta e dois anos de Kadhafi no poder terminou com duas balas

"Le message est que la répression du peuple avec une main de fer ne mène à rien», estime Hilal Kashan, professeur de sciences politiques à l'Université américaine de Beyrouth. Mais pour lui, les dictateurs sont «aveugles», par définition, «pensant qu'ils sont différents et qu'ils vont survivre», explique-t-il.
A mensagem é que reprimir o povo com mão de ferro não leva a nada, disse Hilal Kashan, professor de ciencias políticas da universidade americana de Beirute. Mas pra ele, os ditadores são cegos, por definição, pensam que eles são diferentes e que vão sobreviver, explica.

Copiei o artigo do Le Parisien de 21/10/2011

2 comentários:

Regina Rozenbaum disse...

BAUUUMMM DIMAIIISSS!!! Às vezes custo a acreditar nesses "milagres"...demora, a gente implora, e ELE executa.
Beijuuss, amada, n.a. e um fds do jeitim que nóis aprecia...cho-ven-do manso!

Ieda Dias disse...

Tá uma dilicia a chuvinha...bjos meu bem e vamos marcar um cafezinho, ou chá, ou álcool.....rs
bjins

VEJA TAMBÉM

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...