segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Amigos, risos, amor, mesa farta, sol, verde e calor; todos merecemos!


Este aí, carente como ele só, colou na minha bunda. Fui fazer a gracinha de cumprimentar educadamente quem  primeiro nos recebeu e ficou achando que já era meu amigo.

Segundo seus donos ele é bebê. Imagino, que quando virar adulto vá se transformar em cavalo de tão grande.
Curuz!

Muro maravilhoso e flores mais ainda. 
Cantinho lindo!

Eu sou aquela sonhadora otimista, que acha que todo ser humano tem direito a ter um canto  pra morar. Da forma que ele quisesse e fosse possível, mas que pudesse chamar de seu.

E comemos verdura da horta caseira. Um dos grandes prazeres da vida: poder  colher e comer o que plantamos com nossas próprias mãos.

Eu não sou chegada em mato, mas poder ter todo o conforto da cidade com uma mata como quintal, isso é privilégio de poucos. 
Uma pena que seja!

E com cascatinha e tudo. Quando chove forte vira banho de cachoeira.

Isso me deixa feliz. Alguem precisou quebrar este galho mas a folha que já estava a caminho não se intimidou com o golpe. Continuou com sua missão e brotou gloriosa. Desejo longa vida pra ela e todas as irmãs que virão atrás.

Musgo. Sou ligada em um musgos. Meu primeiro contato com eles foi em presépio na minha infância.

Muito trabalho, muito esforço e muito querer, fez os meus amigos queridos poder conquistar este canto, que mais parece um pedacinho do céu.

Varandar, espreguiçar, tomar sol, ler, descansar, dormir depois do almoço, papear num fim de tarde, e às vezes passar dias sem nem tomar conhecimento deste espaço delicioso por exclusiva falta de tempo. 
Vida moderna.

O que você vê quando chega na porta da frente da sua casa? Nem digo o que eu vejo pra não quebrar este encanto de vista...rs.



4 comentários:

Wilma disse...

Olá Ieda, começou lindamente a semana com esse post!! que lugar mais lindo!! só dispenso o calor e quero todo o mais. Um lugarzinho assim tem q ter um amigo de 4 patas pra ficar completo, uma gracinha ele. Essa horta é meu sonho de consumo atualmente, precisamos voltar a ter uma hortinha no quintal, né?! cresci com minha avó cultivando uma e sempre gostei disso. A minha vista de fundos onde estou morando é bem parecida com essa, só não tenho um bouganville como esse arrematando. Ainda ontém pensei q se tivesse sido a arquiteta dessa casa,teria colocado a pia embaixo da janela para desfrutar da vista e assim a tarefa ficar menos penosa, mas não, fico de costas pra paisagem, aff!!Ótima semana pra você!! Ai tira esse negócio de letras aí Ieda, humpt!

Izabella Medeiros disse...

Amei a horta...estou fazendo uma na minha varanda...depois vou por fotos no blog!
:D

Ieda Dias disse...

Oi meu bem, que bom vc aparecer porraqui...as letras são uma segurança pra nós. E vc chegando vamos fazer este caminho. Vc vai amar.
bjos bjos

Ieda Dias disse...

Mande pra gente as fotos Izabella....é mesmo uma delicia colher na hora o q se vai comer.
bjos bjos

VEJA TAMBÉM

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...