sexta-feira, 4 de junho de 2010

Como fazer amigos e arrebanhar pessoas


Você sabe o que é uma cour? A cour de um edifício, de um prédio? Não? É o pátio interno. A parte central.
Na França é muito comum nos prédios mais antigos. Normalmente, a entrada é por uma porta grandona, larga, alta, porque, nos antigamentes, as carruagens ou os cavalos sozinhos, passavam por ali e "estacionavam" na cour, no pátio do prédio que, hoje, seria o estacionamento. O imóvel era contruído, normalmente, quadrado, com o pátio no meio. Alguns pátios, hoje, tem jardins, outros, estacionam carros mesmo, outros tem banquinhos, árvores. Existe cada um mais lindo do que o outro. Indo à Paris, preste atenção nos portões; eles abrem em duas partes e, uma parte, normalmente, tem um porta menor, pra gente passar a pé.

Porque esse papo de pátio, prédio, portões? Uma coisa vai ligando à outra e é impressionante como, em cada papo, em cada roda de amigos, eu vou me lembrando dos causus que aconteceram nos Caminhos por onde andei.




Almoçando hoje com a família, num 0800 chic de todos os aniversários, o riso corria solto. A gozação, pegando no pé de um, enchendo o saco do outro, mas sempre rindo muito, nos divertindo. Aí, eu disse: "não existe povo no mundo, que ri mais do que a gente". "E de nós mesmos" acrescentou alguém. Foi então que, me lembrei de um causu que aconteceu em Bordeaux.

Estava na casa de um amigo que morava na cidade há, relativamente, pouco tempo; sei lá, talvez uns 6 meses. Ele morava em um prédio desses que acabei de descrever. A arquitetura de Bordeaux é linda. Linda! E o prédio dele era muito antigo. Tinha um pátio e, em torno do pátio, o prédio. E todos os apartamentos davam pro pátio, tinham uma sacada, como se fosse um corredor-varanda, quer dizer, se eu abrisse minha porta, o vizinho veria dentro da minha casa do outro lado do prédio. Então, este é um lugar que, no Brasil, no mínimo, todos se conheceriam. (Nem vou entrar na questão de serem amigos ou se meterem uns na vida dos outros)

E chegou o dia do aniversário de meu amigo e ele resolveu fazer uma festa. Uma feijoada !

Conto o resto amanhã porque os causus tão ficando muito longos. Assim disse um amigo meu : "Preguiça de ler, o causu tá muito comprido"... rs.
Traumatizei !

13 comentários:

  1. Poxa Iêda,já virou hoje( olha a hora), e to curiosa agora...
    bjo

    ResponderExcluir
  2. Chérie, que me desculpe seu amigo, mas discordo veementemente. Se os seus causus fossem chatos, sem sentido, até poderia dar preguiça de ler. Mas é justamente ao contrário.
    É como ler um bom livro, a gente mergulha, se sente dentro da história, viaja junto, tudo tão vívido e real.
    Por favor, quebre esse trauma e continue como antes, com seus longos e deliciosos posts.
    Nós agradecemos.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Deixe de fazer suspense com a gente... curiosidade mata. A minha imaginação está a mil tentando imaginar o que aconteceu na feijoada. Você está igual a novela pra aumentar o ibope... na melhor parte acaba e a pessoa tem esperar 24 horas pra saber o que acontece.
    affffffff!

    ResponderExcluir
  4. Ieda, amada!
    Depois cê explica como votar nocê, ok? Cliquei em cima do selo, abriu a pág deles e não vi a "urna" prá exercitar minha cidadania blogosférica rsrs
    Beijuuss n.c.

    www.toforatodentro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Maga, vou seguir o conselho do JC. Vou contar tudo mesmo que fique comprido, e , quem quiser que leia de duas vezes, né?........ hhheeeeeeeee
    bjos

    ResponderExcluir
  6. Pois é JC eu tenho a tendência de acatar a crítica, então fiquei preocupada. Mas como disse a Maga, quem achar comprido que leia o final depois. Vou contar daqui pra frente tudo de uma vez.....rssssss.
    bjos querido

    ResponderExcluir
  7. Gigi, o final é bom vai valer esperar. Posto amanhã. Bjos, bjos

    ResponderExcluir
  8. Regis, mandei imeio pra eles agora, pra cagarem e desocuparem a moita...ok? ....rsss.
    bjos meu bem

    ResponderExcluir
  9. Como é que pode existir alguém que tenha preguiça de ler o que você escreve??? Que chato... Quem conhece você "goza" com o que você escreve... e não estou bajulando você. Não preciso disso e você, muito menos!
    Que pena que cortou, mas o prazer volta e se completa, tenho certeza!
    beijinho

    ResponderExcluir
  10. Foi só dar uma subidinha e o gozo ficou completo, né amigo?
    bjos
    rssssss

    ResponderExcluir
  11. Ieda, aqui na Italia é assim tbem, um portao enorme na frente e qdo entra tem o tal patio, eu moro num lugar assim, quem fecha o portao è meu marido,pois eu nao dou conta de tao grande que é.
    bj

    ResponderExcluir

Se você não tem conta no google, é só clicar em 'anônimo' para enviar seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...