sábado, 10 de julho de 2010

O inverno em Belo Horizonte-MG

Me lembro, como se fosse hoje, o dia que começou a guerra entre o Irã e o Iraque. Estávamos olhando a lua cheia, linda, naquele céu transbordando de estrelas que é o céu do Iraque, e pensei: "se esse povo se desse ao trabalho de olhar pro céu agora, não começariam com esta estupidez que acabaram de inventar".
E, olhando pra minha cidade e meu estado, nesse inverno, voltei a ter o mesmo pensamento. Se as pessoas olhassem mais pra maravilha que está a natureza, não teriam tempo pra fazer metade da merda que andam fazendo. Pode ser no sítio, na cidade, na beira da estrada, nos jardins, nas praças, não tem erro, pra onde quer que eu olhe, nesta época do ano, eles estão lá, lindos, imponentes, coloridos : os ipês.Durante todo o ano, esse país é abençoado por Deus, em matéria de flores. Os pássaros não podem reclamar; enchem suas pancinhas, se fartam, onde quer que estejam. Se andamos pelas estradas ou pela cidade, a beleza é constante. Aqui, nas Minas Gerais pelo menos é assim (não posso falar pelo Brasil a fora).
Eu fico tonta; não sei se olho pra cima ou pro chão; não sei onde a beleza é maior.


Eu olho pra uma árvore e penso : "essa é a mais linda" mas, andando poucos metros mais pra frente, tem outra mais linda ainda.
A natureza não erra nunca. Ainda bem que o Ipê não tem perfume, porque senão a gente iria se asfixiar no inverno e a turma da alergia teria que se mudar de estado.



Essa é a estação do Ipê. A cidade fica linda ! Céu azul limpinho e, quando tem nuvens, são aqueles flocos de algodão branquinhos! Uma maravilha!
Suas flores duram de maio a agosto, e dão em cachos, buquês recortados em formato de sino. Lindos !


Todos são uma maravilha : o branco, o rosa, o amarelo, o roxo.


Fiz uma mistura de fotos que tirei aqui perto da minha casa, com outras que encontrei no google. Deu vontade de postar todas, mas ia encher páginas e páginas. Essa amostra dá pra sentir a beleza da planta e estendo o convite pra você vir passear por estas bandas e aproveitar ao vivo esta beleza.

" há almas que têm
espaços vazios
amores vadios
restos de emoção
há almas que têm
a mais louca alegria
que é quase agonia
quase profissão."
Alma- Sueli Costa/Abel Silva

8 comentários:

Lêda disse...

Eles estão realmente lindos! Nâo me canso de admirá-los! Vc já leu as crônicas de Rubem Alves sobre os ipês? São de uma sensibilidade rara e fáceis dde encontrar na net...
Beijo,
Lêda

Ieda Dias disse...

Não li, Leda mas já vou correr atrás agora. Obrigada pela dica.
bjos

Maga. disse...

Que beleza de fotos,Iêda,e q charme de inverno esse florido , até pensei q só acontecesse na primavera.
bjim e bom fds

Ieda Dias disse...

Coloquei pra além de mostrar a beleza dos nossos ipês, pra sacanear ( na boa) amigos de fora, que não acreditam quando digo que nosso inverno não existe.....rsss
bjos

Anônimo disse...

Lindo mesmo!!! Lembro de uma paineira entre Belo Horizonte e Divinópolis que no mês de maio ficava toda de um rosa deslumbrante, e a danada era numa curva fechada. Achei que deveriam colocar uma placa bem grande advertindo: 'PAINEIRA FLORIDA - CUIDADO!".
Luiz César - Formiga - MG

Ieda Dias disse...

Darling, já contei este causu aqui. Foi vc mesmo que me contou, lembra?
bjos

Fê Costta disse...

Eu também amo ipê e simplesmente adoooro o inverno de BH!!! O céu maravilhoso e o clima espetacular!!! Suas fotos estao lindíssimas, parabéns!

Que coincidência, vc morava no Iraque e é de BH... eu sou de BH e moro em Dubai... Os mineiros estão conquistando o oriente médio! rsrs

Bjs

viaggio-mondo.com

Ieda Dias disse...

Me conte o que tá fazendo aí, Fê. Fui no seu blog e amei. Já indiquei pros amigos.
bjos

VEJA TAMBÉM

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...