terça-feira, 18 de maio de 2010

Sempre aprendendo com os amigos: novos e antigos.



Um grande amigo meu - que já repassei aqui casos do livro dele - dizia, quando alguém lhe chamava pra ser apresentado a outro alguém: " Já conheco gente demais, quero conhecer mais ninguém não". Isso era motivo pra gente morrer de rir. E sempre que me lembro, digo a mesma coisa. Evidente que é uma brincadeira, porque não tem coisa melhor que conhecer pessoas, fazer novos amigos. Quando comecei com o blog, não sabia que ia conhecer tanta gente legal, fazer novas amizades, novos conhecimentos, aprender tanto.
Descobri com o tempo e lendo a respeito da vida de blogueiros, que se você quiser se fazer conhecido, tem que frequentar outros blogs, dar palpites, convidar o povo pra ler seus escritos, enfim, se mostrar. E foi o que fiz e faço até hoje. Uma verdadeira via sacra pelos blogs dos amigos todos os dias, até mais de uma vez, pra ver o que o povo tem de novo, e o que posso aproveitar pra aprender, discutir. E passar pra vocês também.

Entre estes amigos novos, conheci um grande jornalista da Veja que tem uma coluna na Veja.com, que virou um verdadeiro vício. Comecei a ler a coluna dele no ano passado e nunca mais desgrudei. E com isso, começamos, seus fiéis leitores, a nos comunicar por imeio e, daí, a nos encontrar pessoalmente, foi um pulo.
Sábado passado tivemos o quinto encontro, com a presença gentil e sábia do nosso mestre Augusto Nunes. Meus amigos já sabem dele e junto comigo viraram perseguidores também do blog do Augusto. Mas, sendo eu a mais falante, sou a que mais posta comentários na coluna; dou palpite, aprendo, concordo, erro, acerto.

Bom demais conversar com pessoas diferentes, em vários aspectos : estados diferentes, problemas diferentes e, no fundo, acabamos descobrindo que é tudo igual . Encontramos com amigos que vieram de Brasilia, de Salvador, do Rio Grande do Sul e do Rio de Janeiro, e o Augusto que veio de São Paulo; uma verdadeira salada de frutas que deu um caldo de dar água na boca; novas paixões, novos amores meus.

Nosso encontro foi nesse lugar gostoso, tranquilo e com um atendimento e comida ótimos. Aproveito pra dar a dica.
O lugar é São Sebastião das Águas Claras, vulgo, Macacos. Adoro! Lindo! Passeio pra passar o dia ou, pelo menos, metade dele.

Vamos lá então ! Duas dicas de uma só vez : o Bambu, se você tiver a fim de comer bem num lugar muito agradável;
Augusto Nunes, pra quem quiser conhecer um jornalista inteligente, bem humorado , escreve bem pra cacete, gentilíssimo e super cavalheiro (predicados que estão meio em falta no mercado).
Aproveitem e curtam.

12 comentários:

  1. Minha linda,
    adorei!!! Você nos privilegia com a natural gentileza, simpatia, delicadeza e companhia mais do que agradável. Afinal, faz parte da lista "imexível", não é? Foi um belíssimo dia de amigos, bons amigos, reunidos com um bom vinho, uma boa comida, muito carinho e o mestre aglutinador de idéias Augusto Nunes nos presenteando também com sua presença.
    Mas grande mesmo é sua gracinha.
    Um beijo grande, com carinho.
    Dulce

    ResponderExcluir
  2. Vai começar a rasgação de seda...rs.Dulce querida, obrigada pelo carinho e sou eu que devo agradecer sua gentileza e dedicação.
    bjins

    ResponderExcluir
  3. Ufa.... segredos guardados, você foi 10.
    Não vejo a hora de nos reunirmos de novo.
    Já estou com saudades.
    Eu, Salvador, os quitutes da barraca de Cira e o sorvete da Cubana te esperamos.
    Muitos beijos, querida. Kaká

    ResponderExcluir
  4. E se a gente se encontrasse em Salvador? Imagine que chic? Eu iria amar.
    bjins meu bem

    ResponderExcluir
  5. Pois é Iêda, já percebi isso, percorrendo alguns blogs de costume.Acho interessante ver como alguns se tornaram uma verdadeira "confraria", uma família, melhor dizendo, onde apesar de respeitarem os pontos de vista diferentes, não admitem a falta de polidez de ninguém.Com toda razão compram a briga p defender o dono do blog.É assim nas amizades e acredito sim q aqui se tornam verdadeiros amigos.Com o tempo,são amigos de todos os dias, q a gente sente falta qdo não os vê. Encontrar pessoalmente deve ser melhor ainda.Uma vez, acho q vi vc aqui, fazendo uma enquete se deveria escrever todos os dias ou de vez em qdo, TODOS OS DIAS, viu?
    bjo

    ResponderExcluir
  6. Obrigada Maga pela força e pela participação sempre.Tô aqui firme e forte.
    bjos

    ResponderExcluir
  7. Olá, liindas fotos!!! Aproveito seu comentário pra te convidar a visitar meu blog!!! Amo viajar e contar sobre os lugares que passei... bjs

    ResponderExcluir
  8. Sou de um tempo que frequentar "macacos" era fumar um baseado durante o dia e tomar cerveja, vendo os "traieiros" subindo e descendoladeira... Tenho que voltar. E vou me inscrever no blogue que você recomenda: sou um curioso de carteirinha...
    Obrigadíssimo por tudo, querida!
    beijinho

    ResponderExcluir
  9. Não há de que meu bem...continuemos com o troca-troca...hehe
    bjins

    ResponderExcluir

Se você não tem conta no google, é só clicar em 'anônimo' para enviar seu comentário.