terça-feira, 24 de agosto de 2010

Uma ideia legal pra várias situações, ou, aposentadas as bananeiras e as moitas.

Adorei essa idéia !

Este toilete portátil, desenvolvido por uma empresa inglesa, tá fazendo o maior sucesso nas vendas pela internet.
Como surgiu a idéia.

Em 1989, no Festival de Glastonbury - Inglaterra, Richard Wharton,  um jovem britânico de 20 anos, saiu de sua  barraca pra ir ao toilete, mas, tava tão fedido, que ele desistiu...rs.  Então, improvisou com um saco plástico e resolveu seu problema.  Aí, nasceu a idéia da privada portátil.

Uma caixa de papelão reutilizável e usando sacos plásticos biodegradáveis.

Mas foi somente em 2006 - quando se tornou, com a Office Shoes, um criador de sapatos muito conhecido em Londres - que resolveu colocar sua ideia em ação, através de uma segunda empresa, a Brown Corporation.
Sua caixa de papelão pode aguentar até 100 kg. Através da abertura, coloca-se o saco plástico biodegradável, que será descartado, e, depois de usada, a caixa é redobrada e guardada pra um próximo uso.
Segundo Richard, eles fizeram o teste em, pelo menos, 50 caixas. Existem caixas pra crianças e adultos.
Imagino que, se for usado em um festival por exemplo, basta colocar, ao redor, um quadrado de lata, compensado, tecido ou madeira, pra haver privacidade, e o lava-mãos do lado de fora.
Muito boa a idéia !

Quem já não passou pela situação deste inglês por conta de mau-cheiro e desconforto ?
Quem for usar, já entra com seu saco plástico, pré-pago na entrada e ele mesmo coloca. É simples.
Perfeito pra acampamentos, festivais e assentamentos de pessoas pós-desastre  - como enchentes, deslizamentos de terra, etc. -  e, enfim , pra onde tiver multidões ou sem condições de rede de esgoto.

Se eu fosse uma empresária brasileira, já corria pra pegar a concessão de uso ou franquia ou o que seja, e vender aqui, em terras tupiniquins.

É o próprio Richard Wharton que faz a demonstração no vídeo.

http://www.thebrowncorporation.com/

"Tenho dormido ultimamente no teatro. Mas a culpa não é minha, não! " Sergio Britto.

7 comentários:

  1. Ieda,
    Sò um recadinho: leia a crônica do Rubem Alves na Folha de hoje. Está bonita demais...
    Bjo, Lêda

    ResponderExcluir
  2. Tô correndo lá Leda. Brigadim pela dica.
    bjos

    ResponderExcluir
  3. Leda não tô achando. Qual o título da crônica? Por favor.
    bjos

    ResponderExcluir
  4. Que legal!!!E ainda é confortável.
    Mas sei não...
    To até vendo alguém emprestando, alugando o seu, fazendo negocinho...hehehe Pq ninguém acha q pode precisar e sair carregando na bolsa.Mas vale p certas situações como vc msm falou.
    Devia vir junto c alccol 70%.Pesquisei e vi q ainda vem c 10 saquinhos (refil),custa 15.67 libras.
    Só n vale é descartar na porta do vizinho como fazem alguns aqui q passeam c seu cãozinho.rrrrrrrssss
    bjo

    ResponderExcluir
  5. hhheee....Maga aqui nesta terra, se chegar , sempre vai ter um trambique...faz parte da cultura tupiniquim...mas que é legal, isso é. E em lugares de muito uso, o legal, seria enterrar os sacos. Tudo viraria adubo.
    bjis meu bem

    ResponderExcluir
  6. Povo tá mais econômico a cada dia que passa...rs.
    bjins quérida

    ResponderExcluir

Se você não tem conta no google, é só clicar em 'anônimo' para enviar seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...