domingo, 19 de dezembro de 2010

Alguém já fez uma música pra você? Nem pra mim.

Dedicadas



Meu caro amigo, de Chico Buarque: para Augusto Boal (época da brabeira da ditadura no Brasil - eidia)

Branquinha, de Caetano: para Paula Lavigne

Menino do Rio, de Caetano: Petit

Debaixo dos caracóis dos seus cabelos, de Roberto e Erasmo: para Caetano Veloso ( depois que o Roberto visitou  Caetano, exilado em Londres - eidia )

Vera gata, de Caetano: para Vera Zimmerman

Tigresa, de Caetano: para Sonia Braga

Trem das cores, de Caetano: para Sonia Braga ( a perigosa ganhou duas - eidia )

O mundo é um moinho, de Cartola: para sua filha, que estava saindo de casa. ( coisa mais linda do mundo - eidia )

Drão, de Gilberto Gil: para Sandra Gadelha ( Gil se explicando pela separação com Sandra, que ele chamava de Sadrão ou Drão. Linda! - eidia )

Queixa, de Caetano: para Dedé

Detalhes, de Roberto Carlos: para Silvia Amélia Marcondes Ferraz ( será que rolou um caso entre a socialaite e o rei? - eidia )

Carolina, de Chico Buarque: para sua tia, que tinha um grave problema de saúde. ( fôfo! - eidia )

Você vai me seguir, de Chico Buarque: para Nina de Pádua. ( Chico, ainda casado com a Marieta e sempre pulando a cêrca, chama a Nina de Mi Nina...danadim. Pra despistar. eidia )

Argumento, de Paulinho da Viola: para Caetano.

Lígia, de Tom Jobim: para Lygia Marina, na época mulher de Fernando Sabino.

Night and Day, de Cole Poter : para um namorado. Existe uma especulação de que I've Got You Under My Skin foi dedicada à heroína.
 
Cajuína, de Caetano, foi feita para Heli,depois do suicídio de seu filho, Torquato Neto ( autor de uma frase que me marcou na epoca e pra sempre. Deixou um bilhete quando se suicidou escrito : "Pra mim chega"! eidia )

Me lembro, de quando conheci o grande poeta Vinicius de Morais, ele contando pra todos  na mesma mesa, de quando escreveu em um guardanapo a letra de Minha Namorada, pra uma das meninas do Quarteto em Cy. Não me lembro qual delas. Suspirei de inveja...rs. Depois ele deu pro Carlos Lira colocar musica - eidia
 
Patti Boyd, para quem George Harrison compôs "Something" e Eric Clapton fez "Layla" e "Wonderful Tonight" - garota de sorte.
 
"Ah, mainha, deixa o ciúme chegar, deixa o ciúme passar e sigamos juntos...", Nosso estranho amor - não foi feita também para a Dedé?

Você conhece alguma história como estas? Junte-se a nós. Mande, que eu acrescento.

2 comentários:

  1. E Caetano para minha prima, Kika de Salvador. "Você é linda!" Fez um clip para ela com a música. Ele dirigiu.
    O melhor é que ela era (é) linda mesmo! E louca... Mal de família!

    ResponderExcluir
  2. Lembrei de outra Rey, Boi da cara preta, que o Caimy fez pra Nana, e Aquela que o Vinicius fez pro filho de um amigo " era uma casa muito engraçada"...preciso pesquisar certo os nomes dos felizardos.
    bjins

    ResponderExcluir

Se você não tem conta no google, é só clicar em 'anônimo' para enviar seu comentário.