segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Você já foi à Bahia, nêgo? Não? Então vá !






















































Quando eu pergunto a uma pessoa lá fora, da Europa ou de qualquer outro lugar, qual o lugar que ela gostaria de conhecer na nossa terra, a Bahia, quando não vem em primeiro lugar, vem em segundo. Todos ficam loucos com essa beleza de estado, com as paisagens e com seu povo.

Eu já disse aqui que, escolhendo entre 3 lugares que me fizeram ficar de queixo caído, um deles está na Bahia. E vou começar falando dele.

A Igreja de São Francisco. Ela é de uma beleza, de uma riqueza e imponência que só vendo.

Quando você for conhecer a igreja, vá numa terça-feira, porque é o dia que ela fica toda iluminada. Nos outros ela fica na penumbra, o que não deixa de ser bonito também, mas não realça a grandiosidade e riqueza daquele mundo de ouro trabalhado.

Logo na entrada, você vai se assustar porque, antes de abrir a porta principal, a peça de entrada é limpa, não tem pintura alguma, enfeite ou imagem de santo. É o lugar onde ficavam os escravos. Sem luxo algum. Assim que abrir a porta, sua boca vai abrir junto. Você não vai saber o que olhar primeiro, tamanha a beleza, detalhes e entalhes. E não vou contar mais, senão perde a graça.

Pelourinho - Lugar pra se passear devagar apreciando cada construção, cada pedra no chão, onde provavelmente você não vai ser o único a escorregar nelas. Vai conhecer o Museu de Jorge Amado e identificar lugares já vistos no cinema, em fotos e na TV. Atrás do Pelô, numa área restaurada, tem um jardim bonito onde tem um Cinema 180 graus que conta a história da Bahia, com imagens e músicas lindas. Chama "Bahia Adventure", acho, e pouca gente conhece. Vale a pena começar por ele pra, então, sair de lá e "cair na real".

Eu nunca deixo de tomar sorvete na Cubana, no Pelourinho. O de tapioca é de comer de joelhos. A sorveteria mais famosa de Salvador fica na Ribeira mas, pro meu gosto, a Cubana é melhor. Questão de gosto.

Vai conhecer a Igreja do Senhor do Bonfim que é linda. Pisar nas famosas escadarias que são lavadas e perfumadas todos os anos pelas baianas e comprar as fitinhas pra trazer pros amigos. Dica: os meninos nas ruas vendem as fitinhas por 1 Real mas, nas lojinhas ao lado da Igreja, você compra um rolo com 50 fitinhas por 4 Reais.

Você vai conhecer a Lagoa do Abaeté, tão bem cantada por Caymmi. Lagoa de água escura "arrodeada" de areia branca.

Comer bem, então, nem se fala. As moquecas, peixadas, moquecas de siri mole, frigideiras, carangueijadas, lagostas e peixes de todas as formas. De-li-ci-o-sos!

Não pode deixar de comer o acarajé e a cocada na Barraca de Cira, em Itapoã. Nem deixar de conhecer o Restaurante do Artur, em Itapoã também. Ele faz uma cozinha franco-marroquina-baiana, de comer e depois morrer, de tão boa.

Passear pelo Farol da Barra, lugar lindo pra fotografar e beber uma água de coco fresquinha, sentar e olhar o mar.
Sentar pra comer as delícias do mar nas barracas da Praia de Piatã, tomar uma cerveja gelada ou saborear o suco de alguma fruta que você, talvez, nem nunca tenha ouvido falar, vão fazer o dia ficar mais gostoso ainda.

Em Piatã, tem uma pousada muito legal que recomendo. O link tá lá embaixo.

Conhecer os famosos terreiros é também um passeio muito interessante. Ver e ouvir o Olodum tocar seus tambores, encanta, e o som daquela harmonia fica batendo no seu peito por muito tempo.

Passear no Mercado Modelo - Vá com calma, pra poder passear e apreciar todo o artesanato maravilhoso da Bahia.
Subir e descer pelo Elevador Lacerda e apreciar lá de cima a vista da Baía de Todos os Santos. Coisa mais linda de se ver!

Não deixe de visitar o Solar do Unhão, um dos mais belos conjuntos arquitetônicos às margens da Baía de Todos os Santos, que abriga o Museu de Arte Moderna da Bahia. Construído no século XVII pra ser a residência do Desembargador Pedro Unhão Castelo Branco, o solar foi adaptado pra fins comerciais e conta com casa-grande, senzala (onde hoje é o restaurante), capela, armazém e cais. O píer do restaurante é um dos melhores lugares da cidade pra apreciar o pôr-do-sol.

E tem as dezenas de igrejas e o Convento do Carmo que é lindo e não pode deixar de ser visitado.

A Bahia tem tanta coisa linda pra ser vista, que é melhor você aproveitar o que puder e nem se preocupar em ver tudo. Isso vai ficar pra próxima viagem.

Não dá pra ir só uma vez !

"A viagem de mil milhas começa com um passo". Lao Tsé

3 comentários:

Brenda Tavares disse...

Nao é pq sou Baiana, mas realmente a BA é um dos estados que oferece um leque de opçoes para um turista.
Quanto ao sorvete, adoro o da Perine. A Moqueca de Boca de Galinha ou do Kimuqueca. O Acarajé, concordo contigo, em Itapoa. Praia... Porto da Barra durante a semana e Flamengo finais de semana. Quem quiser esticar va a Guarajuba, Praia do Forte, Itariri, Conde... Quer correr de Praia? Chapada DIamantina, simplesmente INESQUECIVEL!

Ieda Dias disse...

Boa Brenda! Adorei. Sou louca com sorvete. Anotadaço.Praia do Forte é linda. Como disse tem muito mais pra ve nesse estado chiquérrimo.
bjins

Anônimo disse...

Você soube captar a alma da Bahia. Eu sou baiano e não canso de descobrir coisas novas em Salvador. Mesmo quando a cidade está mal administrada podemos vivê-la intensamente desviando dos problemas. Parabéns!

VEJA TAMBÉM

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...