sábado, 7 de novembro de 2009

Cão chupando manga, quando começa...nem o capeta segura!!!


Eu tenho um amigo, da onça claro! que sempre ia pro salão ficar conversando fiado, me atazanando, conversando com os clientes, enfim....passando o tempo dele. Ele adorava me colocar numa situação delicada. Pra quem tá chegando agora, era um salão de beleza em que eu cortava o cabelo do povo no Iraque.

Uma das situações das mais engraçadas, foi que um belo dia alguém me pediu pra pintar o cabelo, coisa que não fazia porque não tinha tempo, mas encheu tanto o saco que pintei, e o protetor de roupa ( que deve ter um nome, mas não sei qual ) ficou manchado na gola de uma cor marrom. Cor da tinta.

Num outro belo dia, tô eu lá cortando o cabelo de um Zé que eu nunca tinha visto mais gordo, de repente meu amigo vira e diz:

" é, Ieda, aquele cara que você cortou um pedaço da orelha ontem, ficou bravo, né?
Rapaz sem esportiva."
O pobre coitado do peão já deu uma encolhida na cadeira, quase causando um acidente verdadeiro...rs.

Eu, já vendo que a coisa não ia ficar por ai, fui dizendo: "Cê pirou? Que corte, sô...ficou doido?"

E ele: "Já esqueceu...??? Quem bate esquece, quem apanha lembra. O corte foi pequeno, mas a sangueira foi muita! Olha só como o protetor ficou. Lavou e a mancha nem saiu. Sangue gruda mesmo, né?"

Filho da mãe!!...e o meu cliente ia só arregalando o olho. Claro que tava mais pra acreditar no meu amigo. A prova do crime tava lá.

Tentei acalmar o bichinho de toda forma, mas não sei se convenci. Cheguei ao final do meu trabalho ( fui com mais cuidado do que já ia normalmente ) ele estátua de mármore pra não me atrapalhar, mas até hoje não sei em qual verdade ele acreditou. Na minha ou na do cão chupando manga que é meu amigo.

Dinheirinho suado !

2 comentários:

Se você não tem conta no google, é só clicar em 'anônimo' para enviar seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...