terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Foi lá que ele construiu o ninho pro seu amor morar...




Ano passado, perto do meu trabalho, em uma praça super movimentada - daquelas que você nem percebe que é arborizada tamanha é a correria de todo mundo - apareceu um ninho de pica-pau e, com ele, toda a família.

Não se sabe quem viu primeiro.

Acho que, nem se um extra-terrestre tivesse descido em pleno Mineirão em dia de jogo do Galo X Cruzeiro, teria causado tanto espanto. Aliás, o pobre ET teria sido colocado pra fora de campo a pontapés por estar atrapalhando a partida.

Mas, só Deus sabe porquê, o bichinho resolveu construir seu ninho em pleno centro da cidade. O alvoroço foi tanto que ele saiu até no MG-TV, jornal local da dona Globo.
Fico pensando : Não será um aviso, a natureza nos fazendo ver a beleza da contemplação, fazendo o trânsito parár, pessoas falarem umas com as outras, estranhos apontando o ninho e mostrando pra estranhos ?

A delicadeza com que o bichinho-pai chegava e dava uma paradinha na porta, como que pedindo licença à patroa pra entrar, e sumia buraco a dentro com o alimento colhido, sei lá onde, era realmente de emocionar.

E era muito legal ver as pessoas paradas embaixo da árvore, esperando o acontecimento.

Não é muito doido a gente ter chegado a um tempo, que ninho de passarinho - coisa mais natural do mundo - vira assunto pra jornal televisivo?

Agora imaginem então, acompanhar a construção de um ninho da janela do quarto! Em plena São Paulo!
Desde a escolha do terreno, quer dizer, da árvore, até o resultado final, a apoteose total, que é esperar os filhotinhos da saíra ( pequeno pássaro semelhante ao beija-flor) nascerem, darem aquela crescidinha básica, pra então, finalmente prontos pro que der e vier, alçarem voo e deixarem a primeira casinha, o primeiro contato com o mundo, e cairem de bunda nesse mundão de Deus. E o que é ainda pior e mais perigoso: em plena selva humana, de pedra, cimento, muros e paredes.

Boa sorte pros novos habitantes do planeta.

As fotos são de um amigo, tiradas durante a construção do ninho da saíra, na primavera, em frente a casa dele.


2 comentários:

  1. Muito bom!

    São tão completos e bem escritos os seus textos que leio e nem comento hehehe... mas neste post tenho que deixar uma lembrança real que tive: na praça da Liberdade, nasceu certa vez, filhotes de canários, surpresa danada, pois os pais eram dois exemplares, que somente podem ter vindo de gaiolas.... imagina a dificuldade do casal , concorrendo com os pardais, também foi noticia do MG TV lá pelos idos de 1998... faz tempo rs... Bjs e parabéns pelo blog

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Guizeiro. Muito obrigada mesmo pelas doces palavras. Continue firme me perseguindo...rs
    bjins

    ResponderExcluir

Se você não tem conta no google, é só clicar em 'anônimo' para enviar seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...