quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Nada se cria tudo se copia. Falou com sabedoria Seu Chacrinha.




Quando cheguei ao local que já foi o berço das civilizações e onde foram construidos os Jardins Suspensos da Babilônia (hoje Iraque, antiga Mesopotâmia) , custei a crer. Da mesma forma que estamos acabando hoje com nossos rios e florestas, a escola de fazer besteira é antiga e os alunos vão só se aperfeiçoando. Cada vez mais, fazendo menos pra conservar a natureza, e as obras maravilhosas criadas por eles mesmos.

Bão, mas o assunto não é mesmo este. O assunto é: levei um susto.

O que é o museu da Babilônia? Onde existiram os Jardins, hoje praticamente existem ruinas e escavações. Há muitos anos, os iraquianos estão trabalhando pra tentar reconstruir a cidade. E tudo que é encontrado vai pra um museu que foi construido no local.

E entro eu no museu, já que do lado de fora pro meu gosto tá ficando muito feio, porque eles estão elevando muros e paredes em cima das estruturas antigas. Pra mim não rola, porque fica aquela cor antiga e a cor nova dos tijolos. Horroroso. Preferia que deixassem só o que foi encontrado e fim. Como na Grécia. Muito mais interessante.De dentro do museu foi que veio a surpresa.

Logo na entrada dei de cara com carrancas do São Francisco. Várias. Idênticas as encontradas nas embarcações do Velho Chico. Tamanho, expressões, cores, tudo. E fui andando. Dentro de armários de vidro, estão as bijouterias Colombianas, Peruanas e da América Latina em geral. Todas feitas com cerâmica pintada. Colares, brincos, pulseiras. Contas idênticas. Tudo. Exatamente essa bijouteria que compramos hoje vindas dos paises latinos. Tudo feito no século VI a.C. Há quantos mil anos atrás?

As jóias em ouro, tem os mesmos desenhos das que compramos hoje desenhadas pelos mais modernos designers.

Então fiquei pensando. Realmente o Chacrinha tava certo. Nada se cria, tudo se copia. Qual a diferença? A diferença está nos materiais. Hoje usamos ainda o ouro, a prata, o estanho, o barro, mas temos o plástico, o acrílico, e mais vários elementos que não vou citar porque não domino esta área.
Os jardins já foram considerados uma das Sete Maravilhas do mundo. Tomando por base essa pequena amostra que continua fazendo sucesso até nossos dias, dá pra acreditar que naquela região de uma aridez sem fim, realmente existiu tudo que a história conta, e pessoas com uma inteligência e sabedoria tamanha, que são copiadas até hoje.
http://www.historiadomundo.com.br/babilonia/ Caso tenha ficado interessado nesta história.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você não tem conta no google, é só clicar em 'anônimo' para enviar seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...