quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Sem prepotência - outra história.


Estava acompanhando um casal de adolescentes em uma viagem. Irmãos, filhos de um amigo. Tinha uma carta de autorização dos pais. Claro!

Chegando em Londres na aduana, fomos os três pra conferência de passaportes.

Não precisamos de visto de entrada pra Inglaterra, mas sempre tem umas perguntas, uma pequena canseira. Nessa hora se você vacila mesmo estando com tudo em cima, podem te colocar no primeiro avião de volta pro Brasil. Uma loucura. Graças a Deus nunca aconteceu comigo porque ia aprontar um escarcéu dos diabos. Quero falar com a Beth...rrsss....rss.....Já que tô na confusão vamos piorar as coisas...

Bom, a moça olhou os passaportes e começou: quem é você, quer dizer porque você tá acompanhando os meninos? sou amiga da familia. Onde está a permissão? mostrei a carta. Aliás não se deve mostrar nem responder NADA antes que seja perguntado. Ex.: tem uma carta? tenho.Não mostre. Só perguntou se tem, ainda não pediu pra ver. Se você ficar se adiantando, pra eles é como se tivesse se explicando de algum mal feito.

Onde estão os pais? no Brasil. Porque não vieram? estão trabalhando. E porque foi você quem os trouxe? Ai chega a hora de dar fim no papo. Se eu estou aqui com uma carta de permissão dos pais, acompanhando as crianças e respondendo por elas é porque os pais não puderam vir e me encarregaram disso. Se eles pudessem vir eu não estaria aqui. Não acha?

Fim. Plaf! Plaf! Plaf! Carimbou os passaportes meio puta e polidamente desejou welcome to UK.

Vai te catar!!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você não tem conta no google, é só clicar em 'anônimo' para enviar seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...